Youtuber dá bolacha recheada com pasta de dente a mendigo e é condenado a 15 meses de prisão

Youtuber dá bolacha recheada com pasta de dente a mendigo e é condenado a 15 meses de prisão

ReSet, youtuber espanhol, foi condenado a 15 meses de prisão e teve seu canal deletado.

Brincadeira de mau gosto

Hoje em dia, uma das febres da internet e das redes sociais são os chamados desafios, em que uma atividade (que nem sempre traz benefícios, e às vezes até mesmo perigosas) é feita e lançada por alguma celebridade ou youtuber e milhares de pessoas do mundo todo encaram o desafio e postam suas conquistas ou falhas na internet.

Um desses desafios foi o da bolacha recheada com pasta de dente. Ele consistia em tirar o recheio das bolachas recheadas e substituí-los por pasta de dente e dar de comer a amigos, conhecidos ou familiares. As reações das vítimas são registradas e os vídeos postados nas redes, principalmente no YouTube, para ser assistido por mais milhares de internautas e assim gravar o desafio.

No entanto, algumas vezes, o que parece ser uma brincadeira pode ir longe demais. No ano de 2017, o youtuber espanhol Kanghua Ren, conhecido como ReSet, resolveu participar da tal pegadinha. O maior problema foi o alvo escolhido: ele retirou os recheios de bolachas da marca Oreo, muito famosa no mundo todo, e colocou pasta de dente no lugar; depois, ele saiu às ruas e ofereceu as bolachas a um mendigo e morador de rua, junto com uma nota de 20 euros (cerca de 100 reais).

O influenciador digital registrou toda a sua ação e postou em seu canal no YouTube, e foi visto milhões de vezes. No entanto, a justiça espanhola não gostou nem um pouco da "brincadeira".

A condenação

Após o caso, o vídeo foi investigado e o youtuber foi processado, principalmente por danos morais. E agora, dois anos depois, sua sentença foi divulgada. O juizado da capital espanhola Barcelona condenou o rapaz a 15 meses de prisão por danos morais, além de ele ter de também pagar uma indenização de 20 mil euros, mais ou menos 88 mil reais, para o morador de rua vítima da brincadeira de mau gosto. Outra medida tomada pela justiça obrigou o influenciador a apagar seu canal no YouTube, que já contava com mais de 1,2 milhões de inscritos; e mais, ele está proibido de gravar e postar vídeos pelos próximos 5 anos.

Caso conhecido mundialmente

Leia também
Menino falava todos os dias sobre desconhecida e mãe entra em pânico quando descobre de quem se trata

Antes de ter sido retirado do ar, o vídeo da "pegadinha" com o morador de rua já ultrapassava as 120 milhões de visualizações e garantiu a ReSet uma receita de cerca de 2 mil euros (cerca de 9 mil reais) com apenas esse vídeo. Durante o vídeo do crime, agora já retirado do site, ReSet afirma em tom de ironia: "Talvez eu tenha gasto mais tempo do que imaginei, mas olhe pelo lado positivo: isso ajudará você a limpar seus dentes. Eu não acho que ele tenha limpado eles desde que ele se tornou pobre". Muitos acharam a atitude do rapaz realmente horrível e apoiaram a decisão da justiça.

Em seu julgamento, o youtuber alegou que tudo se tratava apenas de uma brincadeira, e que não queria ofender ninguém. Ele também realçou sua responsabilidade com seus vídeos afirmando que largou até mesmo a escola para se dedicar ao seu canal no YouTube.

Veja mais detalhes desta história no vídeo acima!

(Fonte: Olhar digital) 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações