Whindersson Nunes rebate críticas após morte de cachorro em supermercado

Whindersson Nunes rebate críticas após morte de cachorro em supermercado

Após o caso do cachorro morto a pauladas por segurança de supermercado, o humorista se pronunciou e recebeu várias críticas.

Enxurrada de críticas

O Brasil assistiu recentemente o caso de um cachorro espancado e morto a pauladas dentro de um supermercado da gigante Carrefour, localizada em Osasco, e o caso comoveu a todos. Em meio as discussões e a indignação pela grande maioria da população do país, o youtuber e comediante Whindersson Nunes, que recentemente impressionou ao mostrar evolução de seu físico após 6 meses de academia, se pronunciou em seu perfil oficial no Twitter sobre o caso. Na postagem, ele declara que a rede de supermercados não tem culpa, e muitos viram isso como um posicionamento de defesa do comediante em relação à gigante Carrefour. Segundo ele, “Vale lembrar que não é empresa inteira que tem culpa, aconteceu no Carrefour de Osasco, um cachorro foi morto a pauladas por um segurança despreparado”. A afirmação deu o que falar e o comediante foi bombardeado com as mais variadas críticas através do site. Mesmo já tendo mostrado nas redes sociais que o youtuber é apoiador da causa dos animais, ele ainda foi alvo de mais críticas. Irritado com a situação, Whindersson resolveu então mais uma vez se pronunciar acerca de sua postagem anterior: “Eu não estava certo. Eu me expressei mal. Só fico p**** com o povo falar que é por dinheiro, que me pagaram. Eu não preciso de dinheiro”. Um de seus seguidores chegou a rebater a afirmação do ator e disse: “Falar despreparado para alguém que matou uma vida a pauladas é f*** de não interpretar errado. Mas sua consciência é a que vale". O comentário fez o humorista mais uma vez vir a público para tentar esclarecer a situação: “Verdade, errei mesmo nas palavras. Enfim, me expressei mal, a palavra não era despreparado, e sim desumano. Que a empresa se pronuncie”, finalizando o diálogo com o seguidor.

Leia também
É a primeira vez que essas mulheres veem os companheiros sem barba

Whindersson e a causa dos animais

Tendo em vista a repercussão que sua postagem atingiu pelo Twitter, o ator decidiu contar um pouco sobre sua história na defesa dos animais. Na mesma rede, desabafou: “Fico triste por que mesmo depois de falar várias coisas certas e ajudar animais com as minhas ações (só esse mês foram mais de 60 mil reais que ajudei pra casas que cuidam de animais abandonados), as pessoas ainda causam por um tweet em que me expressei mal e metem o pau em mim”.

Repercussão nas redes

O caso do cachorro atingiu também outros artistas, que se pronunciaram a respeito da situação. Tatá Werneck, em seu Instagram oficial, postou uma imagem do cãozinho e fez um texto cobrando a rede de supermercados. A postagem já conta com mais de 1,1 milhão de curtidas. Na legenda, ela diz: “Um funcionário do Carrefour Brasil matou um cachorro a pauladas numa unidade do Carrefour. Não sei nem o que dizer. Espero que Carrefour tome a iniciativa de a partir de hoje, salvar milhões de cães e gatos abandonados. Não sei como os responsáveis conseguem dormir sabendo do mal que fizeram. (Entrando na página desse mercado eles só dão respostas prontas. Vamos cobrar atitudes. Que eles invistam e responsabilidade social. Que eles invistam seus milhões para ajudar a salvar os cachorros e gatos abandonados , famintos, maltratados e mortos)”.

• Bruna Moura
Leia mais