Uma mulher de 63 anos passou 20 anos de inferno por causa deste casal

Uma mulher de 63 anos passou 20 anos de inferno por causa deste casal

Durante 20 anos, Elcio Junior e Marina Okido mantiveram uma senhora idosa em uma prisão privada onde ela ficou completamente isolada do mundo. Felizmente, sua provação teve um fim após a prisão do casal na cidade de Vinhedo, em São Paulo.

A mulher de 63 anos saiu de Colorado, Paraná, e partiu para São Paulo para encontrar trabalho como faxineira. Infelizmente, foi na casa deste casal, que se tornou seu carrasco, que ela encontrou um emprego e o pesadelo começou.

O casal a manteve em cativeiro por duas décadas para cuidar da mãe de Marina, sem direito a sair de casa e receber um salário pelo seu trabalho. Elcio Junior e Marina Okido usaram o nome e os documentos dela para abrir uma conta e dar golpes nos comércios de Vinhedo.

A assistente social Giorgia Bezerra explicou: "Eles abriram a conta com a justificativa de pagar seu salário, mas nunca pagaram e começaram a dar cheques sem fundo em lojas para o esquema"

No momento da prisão, a Delegada Denise Margarido pôde confirmar a prisão em que se encontrava a empregada doméstica. Segundo ela, a senhora idosa estava completamente desorientada e não sabia onde vivia. Além disso, há 20 anos que tem como único contato o casal e a mãe de Marina. Foi um verdadeiro isolamento social para esta mulher!

Leia também
Miss Itália 2007 mostra seu novo rosto depois de ter sido atacada com ácido pelo namorado

O casal foi preso e será acusado de fraude, tortura e prisão privada. A mãe de Marina foi mandada de volta para a Santa Casa de Vinhedo, muito enfraquecida por essa história. Quanto à vítima de prisão privada, ela está atualmente a descansar em um abrigo municipal. 

Saiba mais sobre o caso, no vídeo acima!

(Fonte: Jornal de Brasília) 

Blandine Sallé
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações