Os cinco tipos de vinhos mais saudáveis

Os cinco tipos de vinhos mais saudáveis

Sabia que beber vinho pode fazer bem à saúde? Saiba quais deles trazem mais benefícios para você.

O consumo prolongado de álcool costuma estar associado ao sedentarismo, derrame e cirrose. Mas existe um tipo de bebida alcoólica que, segundo a ciência, pode fazer bem para o corpo: o vinho. Uma taça por dia para mulheres e duas para homens podem trazer benefícios à saúde do coração e prevenir doenças como Alzheimer e depressão.

Estudos afirmam que pessoas que bebem vinho regularmente costumam estar em forma, fazem mais exercícios e consomem mais alimentos que contém antioxidantes, fundamentais para evitar o envelhecimento precoce. Mas, além disso, há tipos de vinho que são, sim, mais saudáveis que outros - desde que consumidos com moderação, é claro. Conheça quais são eles.

Leia também
Como abrir uma garrafa de vinho sem saca-rolhas

1. Vinho tinto seco

vinho tinto seco é o tipo que mais traz vantagens para a saúde. Cada taça tem de 80 a 120 calorias. Além disso, eles nascem a partir da fermentação de uvas com casca, o que garante a preservação da procianidina, antioxidante muito ligado à prevenção de doenças cardíacas e à longevidade. Pesquisadores garantem que os vinhos tintos produzidos no sudoeste da França e na ilha italiana da Sardenha possuem cinco vezes mais antioxidantes do que aqueles produzidos no resto do mundo.

2. Vinho laranja

Esse é um tipo menos conhecido, mas muito apreciado pelos amantes de vinhos. O também chamado orange wine é feito a partir de uvas verdes amassadas com casca e, assim como os tintos, também trazem uma boa quantidade de antioxidantes.

3. Vinho rosé

Além de ser a cor tendência na moda e na decoração com o rose gold, rosé é o terceiro tipo de vinho que mais traz benefícios à saúde. O vinho rosé é produzido a partir de uvas viníferas que ficam menos tempo macerando. Isso significa uma menor liberação de antioxidantes. Este é o blend menos calórico, com apenas 70 kcal por taça.

4. Vinho branco seco 

Ao contrário dos vinhos laranjas e tintos, os vinhos brancos secos são feitos com uvas sem casca, o que atrapalha a formação de fitonutrientes - ou seja, nada de antioxidantes. Apesar disso, a quantidade de calorias é baixa (80kcal por taça).

5. Vinho branco suave

O vinho branco suave são mais adocicados porque contêm mais açúcar, o que é prejudicial à saúde. 150ml de vinho do tipo Moscatel contém 21 gramas de cardoibratos, com 13 de açúcar. Vinhos feitos a partir da uva branca chardonnay possuem 3 gramas de carboidratos com 1 de açúcar. Por outro lado, a quantidade de calorias é a mesma do tipo branco seco.

Extra: Vinhos orgânicos

Além de todas as qualidades citadas dos diferentes tipos, os vinhos orgânicos têm ganhado força entre os apreciadores do "bem beber". Os vinhos orgânicos são desenvolvidos a partir de matéria-prima livre de agrotóxicos, garantindo a pureza na entrega dos nutrientes. Um dos efeitos do consumo de alimentos cultivados com o uso de pesticidas é a infertilidade.

• Pedro Souza
Leia mais