Noruega: um urso polar foi morto durante um passeio turístico
Noruega: um urso polar foi morto durante um passeio turístico
Leia mais

Noruega: um urso polar foi morto durante um passeio turístico

A imagem rodou a internet e continua chocando por onde passa. É um urso polar, espécie em risco de desaparecimento, abatido com um tiro de fuzil. O motivo dessa carnificina? Um barco de turistas atracou no território do mamífero e ele tentou se defender dos intrusos...

Sábado, 28 de julho, as autoridades norueguesas anunciaram que abateram um urso polar no arquipélago de Svalbard, ilhas situadas entre a Noruega e o círculo polar.

Drama ecológico

Como um absurdo desses pode acontecer, em uma época em que os ursos polares se tornaram - contra a própria vontade - embaixadores de uma mudança climática desastrosa para o meio ambiente? O motivo é o turismo em massa.

Há alguns anos, as atividades turísticas vêm crescendo nas regiões mais ao norte do globo, e foi exatamente nessa situação que a morte do urso aconteceu.

Um barco cheio de turistas estava atracando em uma pequena ilha do arquipélago de Svalbard, um grupo de viajantes supervisionados - como a lei exige - por guardas para afastar possíveis ursos polares presentes na região.

Na terra dos ursos

Bom, no momento em que o grupo de visitantes descia no litoral da ilha, um urso polar se sentiu ameaçado por essa invasão em seu território e atacou um dos guardas. O homem só estava ferido quando seu colega atirou no mamífero, que caiu morto.

Os guardas afirmaram agir em legítima defesa para justificar a morte do animal, cuja espécie corre risco de extinção. O guarda ferido na cabeça pelo urso branco foi levado de helicóptero até a cidade mais próxima, Longyearbyen, na ilha vizinha de Spitzberg. Ele não corre risco de morte.

Reflexo de uma época

Esse triste caso é apenas o reflexo da nossa sociedade. Em uma época de grande mudança climática, os polos da Terra deveriam ser preservados, assim como sua frágil fauna, limitando-se ao máximo as chegadas turísticas.

Bom, há alguns anos, o turismo em massa evolui nessas regiões isoladas do globo com a abertura de novas rotas marítimas... por causa do derretimento do gelo. Os turistas pouco preocupados com o meio ambiente chegam com total falta de consciência ao território de animais potencialmente agressivos.

Os ursos brancos, já atingidos pela diminuição das fontes de alimento, só podem se sentir ameaçados por essas ondas de viajantes e, obviamente, tentarão se defender.

Escrito por Pedro Souza
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações