O trabalho que paga 720.000 dólares, mas que ninguém quer

O trabalho que paga 720.000 dólares, mas que ninguém quer

Na Nova Zelândia, este emprego oferece um salário de 60.000 reais e 3 meses de férias, mas ninguém se candidata!

Por este trabalho paga-se 720.000 reais por ano e, no entanto, ninguém o quer. Alan Kenny é o diretor de uma pequena clínica em Tokoroa, Nova Zelândia. Foi ele que publicou este anúncio mais do que encorajador. Um salário de cerca de  720.000 reais com 3 meses de férias pagas, sem horário noturno e com todos os fins de semana livres, ou seja, um sonho.

Mas, por que ele faz tal oferta? Porque, aos 61 anos, o homem passa uma média de 43 consultas por dia, um trabalho considerável. Ele disse ao jornal britânico The Guardian: “A lista de pacientes não para de crescer, eu simplesmente não consigo acompanhar esse ritmo de trabalho”. Após a publicação de sua oferta, Alan recebeu várias candidaturas. O único problema é que os candidatos não falam inglês ou não têm formação médica.

• Bruna Moura
Leia mais