Com síndrome de Clouston, menina se torna modelo reconhecida internacionalmente

Com síndrome de Clouston, menina se torna modelo reconhecida internacionalmente

Vitiligo, albinismo... a moda provou que aceita as diferenças. Mélanie Gaydos entendeu bem e soube tirar proveito disso para sua carreira. Com síndrome de Clouston, suas malformações genéticas não a impediram de se tornar uma estrela.

 Infância nada fácil

Mélanie Gaydos teve uma infância complicada: passou por mais de quarenta operações para reconstruir seu rosto. Boca, olhos, orelhas... tudo precisou ser refeito. Nascida com fenda palatina, com uma malformação da boca, do nariz e das orelhas, Mélanie também teve um atraso no crescimento da pele, dos pelos e dos dentes. Mas nada disso foi capaz de impedir que ela corresse atrás do sonho de trabalhar no mundo da moda.

 Uma bela volta por cima

Ela se superou e posa atualmente para grandes fotógrafos, além de figurar nas páginas de revistas famosas do mundo todo. Mas Mélanie não pretende parar por aí. Hoje ela tem confiança em si mesma e nada em seu corpo ou seu rosto a incomoda. Um belo exemplo de superação para seus 114K de seguidores no instagram, que a apoiam nessa caminhada!

 

• Bruna Moura
Leia mais