Torção do tornozelo: sintomas, duração e tratamento
Torção do tornozelo: sintomas, duração e tratamento

Torção do tornozelo: sintomas, duração e tratamento

Você sofreu uma queda que resultou em uma torção no tornozelo? Provavelmente está com seus movimentos limitados e gostaria de melhorar o mais rápido possível. O Oh My Mag tem algumas dicas para você.

Causas da torção

A torção do tornozelo é causada por um alongamento excessivo ou por uma ruptura completa de um ligamento. Ela acontece após uma queda, um choque ou um movimento em falso. Alguns fatores agravantes podem ajudar a aumentar o risco de torções. Para os atletas, jogar em terreno escorregadio ou instável é um desses fatores. Calçados inadequados ao tipo de atividade é um outro fator de risco.

A força e a posição do pé durante o choque irão determinar a gravidade da torção. A torção é leve quando o ligamento sofre um alongamento: é o que acontece em caso de desequilíbrio, como um pé que escorrega ou em caso de movimento em falso.

A torção é chamada de moderada em caso de ruptura do ligamento, que acontece quando o acidente é de maior intensidade. Quanto à torção grave, corresponde a uma ruptura total do ligamento.

Tratamento da torção

O tratamento da torção depende do nível de gravidade. No caso de uma torção leve, não há nada a se fazer em especial. Ela se cura sozinha em 2 a 3 semanas. Para pessoas ativas, o médico pode, às vezes, aconselhar o uso de uma faixa para que o tornozelo possa se recuperar.

Para reduzir a dor e o inchaço, utilize um saco de gelo embalado em uma toalha e coloque-o sobre o tornozelo. Para uma torção moderada, o cuidado recomendado para a torção leve também é ​​aplicável. Mas é comum que o médico prescreva algumas sessões de fisioterapia para reabilitar o tornozelo e exija o uso de muletas.

Finalmente, a torção grave requer uma visita ao hospital, o uso de um gesso e, às vezes, até mesmo uma cirurgia.

Dicas da vovó para curar uma torção

Banhos de pés, emplastos e óleos de massagem podem ajudar a curar uma torção leve ou moderada. Para banhos de pé, utilize arnica, que você encontrará em uma loja de produtos naturais. A arnica tem virtudes reconhecidas que ajudam na cicatrização de lesões musculares e ligamentares.

Em seguida, faça um emplastro com folhas de repolho fervidas anteriormente. Finalmente, durante a sua recuperação, massageie o tornozelo regularmente com óleo de camomila, conhecido por seus efeitos benéficos em distensões e torções.

Escrito por Bruna Moura
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações