Mãe gasta quase 8 mil em presentes de Natal para os filhos

Mãe gasta quase 8 mil em presentes de Natal para os filhos

Australiana comprou presentes para as crianças ao longo de cinco meses. Os sortudos vão receber as "lembrancinhas" no Natal.

Uma mãe da Austrália gastou 3 mil dólares australianos em presentes de Natal para os três filhos. Kristy Nowak foi criticada por internautas por supostamente mimar demais as crianças.

Em 17 de dezembro, Kristy publicou em seu Facebook uma pilha de brinquedos. "Finalmente, esvaziei meus armários de Natal para ver o que juntei nos últimos meses", escreveu a jovem mãe de Emery, Autumn e Kainan. Ela encheu 14 compartimentos e levou cinco meses para comprar tudo. A história viralizou na internet.

Kristy contou aos seus seguidores que, há alguns anos, deixou para comprar os presentes das crianças a pouco dias do Natal e quase enlouqueceu: "Eu jurei que nunca faria isso de novo", escreveu. As "lembrancinhas" para os herdeiros incluem ursinhos de pelúcia, jogos de tabuleiro, uma casa de boneca e até uma bicicleta.

Mas não demorou para que o esforço da mãe em presentear os rebentos fosse criticado. A atitude da mãe australiana levantou o debate sobre o quanto os pais devem dar aos filhos sem que isso faça mal para a educação deles. "Oh, querida... Um pouco demais. Eu guardaria para alguns aniversários", comentou um seguidor, enquanto outro afirmou que "aquilo era ridículo".

Leia também
Essa mãe vai receber o melhor presente de Natal que existe. Emoção garantida!

Kristy Nowak respondeu que a sociedade iria tentar fazer com que as pessoas acreditassem que há algo errado em mimar os filhos ou fazê-la sentir culpa por isso, mas que ela não se importava: "Eu adoro Natal e meus filhos também", ela publicou no Facebook. "As pessoas acham que meus filhos são indiferentes ou malcriados porque ganham muitos presentes. Isso não faz sentido algum pra mim".

Outra progenitora também causou na internet ao ostentar uma montanha - literal! - de presentes. A também mãe de três filhos Emma Tapping, da Inglaterra, comprou 300 presentes para Mia, Ella e Tatun. Todos os anos, uma pilha de mimos "soterra" a árvore de Natal da família. Ela afirma ter gastado 2 mil libras para garantir a tradição em 2018. Emma também foi muito criticada nas redes sociais. “Eu trabalho duro pelo meu dinheiro. Eu começo a juntar dinheiro em janeiro, compro presentes o ano todo, e essa é a pilha no fim do ano. Eu não mudaria nada na nossa tradição", rebateu ela ao programa de TV "This Morning".

Quem não queria ter mães como essas, não é mesmo? 

• Bruna Moura
Leia mais