Polvos ficam “sociáveis” quando expostos ao ecstasy, revela estudo

Polvos ficam “sociáveis” quando expostos ao ecstasy, revela estudo

Criaturas normalmente antissociais, os polvos ficam extremamente sociáveis quando expostos à droga da festa e da moda, também conhecida como ecstasy

Os cientistas descobriram o que acontece quando se dá a um polvo ecstasy e pasme-se, é quase a mesma coisa que dar esta droga a um humano.

Os polvos são, em sua maioria, criaturas solitárias que raramente perdem tempo entre si, preferindo manter sua própria vida, exceto durante o acasalamento.

Mas, como em humanos, quando os polvos recebem uma dose de MDMA , também conhecida como ecstasy, eles revelam-se seres realmente muito sociais. Neurocientistas da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, conduziram o estudo e o publicaram na revista Current Biology, dizem que esta descoberta revela algo profundo sobre o funcionamento do cérebro.

A resposta social dos polvos é curiosa porque os humanos e os polvos têm mais de 500 milhões de anos de evolução divergente, tornando-nos realmente criaturas muito diferentes.

Entre as muitas diferenças estão os diferentes padrões anatómicos de nossos cérebros, mas há evidências crescentes de que poderíamos compartilhar alguns neurotransmissores muito antigos. Isso poderia explicar porque o MDMA tem um efeito semelhante em ambas as espécies.

Criaturas em todo o reino animal exibem comportamentos sociais, desde invertebrados, incluindo formigas e abelhas, até vertebrados como peixes e primatas. Acredita-se que uma antiga molécula chamada serotonina seja um importante neurotransmissor que conduz determinados tipos de comportamento social. Está presente em todas essas espécies, e o MDMA faz com que altos níveis de serotonina inundem o cérebro.

Leia também
Mulher é presa depois de uma descoberta assustadora em sua casa

A serotonina é uma hormona que atua como regulador do humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade e funções intelectuais e por isso, quando esta substância se encontra numa baixa concentração, pode causar mau humor, dificuldade para dormir, ansiedade ou mesmo depressão.

Uma das formas de aumentar a concentração de serotonina na corrente sanguínea é, para além da anteriormente referida e desaconselhada, consumindo alimentos ricos em triptofano, praticar exercício físico com regularidade e em casos mais severos, reposição através de medicação. 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações