Segundo a ciência, comer este alimento diminui a agressividade

Segundo a ciência, comer este alimento diminui a agressividade

Será que a agressividade das pessoas está associada ao que nós comemos? É isso que sugere esse estudo.

Todos conhecem a importância do ômega 3, ele tem um papel muito importante no equilíbrio emocional e nos problemas de humor. Dessa forma, o que parece é que a falta de ômega 3 acarretaria em maior agressividade. Esse fato coloca os pesquisadores e cientistas em alerta, pois eles veem na sociedade atual, carente de ômega 3, sinais de depressão.

Além de estimular o funcionamento do cérebro, os ômegas 3 têm um papel fundamental e decisivo na hora de fazer a ligação entre células nervosas cerebrais, eles facilitam a fluidez desse contato. Esse nutriente citado não é fabricado pelo organismo, portanto, deve ser, obrigatoriamente, ingerido por meio da alimentação. Onde encontrá-los? Basicamente em alimentos de origem vegetal: noses, azeite, ou em produtos de origem animal: peixe. Na busca pelo ômega 3, é fundamental privilegiar os peixes menores, que são menos susceptíveis a contaminação e a metais pesados.

Leia também
O que acontece neste prato é incrível. Você não vai acreditar nos seus olhos

Um estudo publicado na revista de psiquiatria Psychiatry Research agrupou homens e mulheres de 18 a 45 anos, num grupo, houve suplemento de ômega 3, em outro, placebo. Depois de um mês e meio, os resultados se confirmam. "Houve diminuição da agressividade por parte das pessoas que receberam suplemento de ômega 3". Desde então, os médicos e nutricionistas têm sido unânimes quanto ao consumo de ômega 3, aconselhando uma alimentação naturalmente mais rica em ômega 3 do que a suplementação médica. Uma ótima notícia para quem gosta de peixe e da cozinha japonesa.

• Pedro Souza
Leia mais