Mulher abandona bebê um mês após o nascimento e pai escreve uma carta que viralizou na web

Mulher abandona bebê um mês após o nascimento e pai escreve uma carta que viralizou na web

Em janeiro de 2015, Richard Johnson, então com 21 anos, se tornou pai de uma bela menina chamada Perséphone. Um mês depois, a mãe da bebê decidiu fugir com Perséphone para a Califórnia. Ela acabou mudando de ideia e ameaçou entregar a menina para adoção se Richard não fosse buscá-la o mais rápido possível. Richard então pegou um avião e trouxe a filha de volta para casa. Só que a vida de pai solteiro não demorou para se mostrar mais difícil que o previsto...

Richard rapidamente encontrou-se em uma situação desconhecida. Ele entendeu que não estava preparado para criar um filho sozinho. Deprimido e aterrorizado, Richard decide postar uma mensagem para um grupo no Facebook chamado "Life of Dad" para conselhos.

Este grupo rapidamente revelou que ele não estava sozinho nesta situação, longe disso! Ele percebeu que poderia florescer como um jovem pai. A mensagem que ele postou finalmente inspirou milhares de pessoas ao redor do mundo. Aqui está sua mensagem:

"Vida de papai,

Meu nome é Richard Johnson, sou solteiro e pai de uma linda garotinha chamada Persephone. Sua mãe nos abandonou cerca de um mês após seu nascimento. Nós ainda não sabemos realmente por que, achamos que esta é uma situação séria de "baby blues". Depois de algumas semanas sozinho com minha filha, caí por acaso em um grupo no Facebook. Eu tinha tanto medo de ser pai em geral, mas agora sou um pai solteiro que precisa preencher dois papéis de uma só vez. E eu não tinha certeza se poderia fazer isso. 

Leia também
Este pai faz a platéia chorar no espetáculo de dança da escola da filha

Eu li absolutamente todos os livros sobre "novos pais" e passei quase 1000 horas no YouTube para encontrar vídeos sobre como pentear o cabelo ou cortar unhas. Eu finalmente encontrei esse grupo e percebi que não estava sozinho nessa situação.

Esse grupo me permitiu ficar mais confiante e passar por essa provação com mais facilidade.

Estamos ambos muito felizes e continuamos a crescer juntos. Ela tem agora 10 meses e meus amigos estão constantemente me pedindo conselhos. Minha filha e eu já percorremos um longo caminho, e devemos muito a esse grupo e às pessoas envolvidas. Então, de nós dois, queremos agradecer sinceramente. 

Perséphone et Richard Johnson."  

Pedro Souza
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações