Cinema: o lugar em que você senta diz muito sobre sua personalidade
Cinema: o lugar em que você senta diz muito sobre sua personalidade
Leia mais

Cinema: o lugar em que você senta diz muito sobre sua personalidade

Diga-me onde você senta no cinema e eu te direi quem és! É o que sugerem diversos sociólogos. Se algumas vezes seu lugar depende da hora em que você chega, ele está muito relacionado com sua personalidade.

Emmanuel Ethis, reitor da Academia de Nice e sociólogo de cinema e autoria, estima que existem três perfis de espectadores. Segundo ele, aqueles que sentam no fundo da sala representam os "teléfilos", mais acostumados com as telas de TV. Ao contrário, os que sentam na frente e no meio são os "cinéfilos", que querem imergir no filme. E por fim, os casais escolhem as laterais, buscando mais tranquilidade e intimidade.

Escolhas primitivas

Em outra teoria, o sociólogo especializado Claude Forest, publicou em 2012 um artigo que resume a escolha do lugar a duas necessidades primárias: a dominação e a necessidade de segurança. Um artigo que não agradou a todos e criou polêmica.

"Alguns acham que esses dados reduzem o ser humano a um estado muito primitivo e sexualizado. Esse estudo traz à tona o fato que somos seres racionais, pois ele mostra que os melhores lugares nunca são escolhidos por primeiro e trata-se, na verdade, de cercar o espaço e controlar o território a nossa volta."

Mais à frente no artigo o sociólogo explica: "não é por acaso que vemos os dominadores atrasados buscando os lugares que querem, nem que para isso tenham que atrapalhar uma fileira inteira... Os grupos de jovens, compostos de três a cinco pessoas, têm a tendência de se destacar nas observações, o que pode ser interpretado como uma marcação visual de território." Os mais reservados, por timidez, não ousam atrapalhar as pessoas já acomodadas e ocupam os lugares de fácil acesso, normalmente perto da entrada da sala e nas laterais.

"Os meticulosos, por fim, fazem sua escolha e vão até ela, mesmo que isso signifique que eles precisam passar na frente da tela para atravessar a sala. Eles se espalham pelas duas laterais das fileiras, mas nunca se aventuram no meio."

Seguindo ou não as teorias e excluindo-se fatores externos, a verdade é que a escolha do lugar é pessoal e depende um pouco da nossa personalidade sim.

Escrito por Pedro Souza
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações