Ela não usa mais absorventes e se expõe como tal para defender uma causa

Ela não usa mais absorventes e se expõe como tal para defender uma causa

Uma estudante de 20 anos passou um dia inteiro na universidade, sem proteção higiênica, durante o período da menstruação.

Enquanto as proteções higiênicas são essenciais para o bem-estar das mulheres, elas continuam sendo um grande custo e até representam um produto de luxo para pessoas em situações precárias. Na França um reembolso parcial já é gerado pela previdência social, mas Irene, uma estudante de 20 anos, defende o reembolso total de tampões e absorventes.

Para um reembolso total de proteção higiênica

Leia também
Ela reclamava de dor, o namorado retirou algo incrível de sua cabeça

Para transmitir sua mensagem, a jovem decidiu passar um dia inteiro na faculdade sem usar qualquer proteção durante o período da menstruação. Irene, em seguida, anda em uma legging cinza com uma grande mancha de sangue. Ela não se importa com críticas, zombarias e olhares de julgamentos. A jovem chegou a postar fotos no Instagram, com as pernas abertas. "Você pode não querer pagar por nossas proteções, você pode achar meu protesto inútil, sujo, desprezível, você não será capaz de impedir que nossos fluxos sejam liberados. Pagamos o preço da opressão, o preço da misoginia, o preço da desigualdade, você não acha que vamos pagar ainda mais para colocar cloro em nossas vaginas enquanto você continua a estigmatizar e demonizar nosso sangue, nosso cabelo... deixe meu sangue escorrer ", ela escreve em comentário.

Longe de querer problematizar, Irene explica seu gesto como um vislumbre do que aconteceria se as mulheres decidissem não pagar pela proteção.

Andressa Zabeu
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações