Leões matam e devoram 3 caçadores na África do Sul

Leões matam e devoram 3 caçadores na África do Sul

Na Reserva Natural de Sibuya, na África do Sul, não é uma boa ser caçador em busca de chifres de rinocerontes... Foi o que aprendemos com a história desses três caçadores... Seus restos mortais foram encontrados na manhã do dia 3 de julho pelo proprietário do Parque Natural. Aparentemente, os leões se deliciaram com os caçadores...

Caros caçadores, nós avisamos! O proprietário da Reserva Natural de Sibuya, na África do Sul, contou no último dia 5 sua descoberta nada apetitosa...

Uma boa refeição

Os restos de pelo menos três caçadores foram encontrados, devorados por leões. Os criminosos entraram no parque animal fortemente armados, com o intuito de atacar os rinocerontes negros que vivem nesse espaço preservado.

O objetivo? Abater os grandes mamíferos e pegar seus chifres, que vale muito no mercado negro.

Leia também
Estes filhotinhos encontram o papai leão pela primeira vez. Um momento único!

Só para saber: um único chifre de rinoceronte é vendido de 115.000 a 900.000 reais, dependendo do tamanho. É mais caro que o ouro e a cocaína.

Uma boa lição

Armados com machados e fuzis, os caçadores não demoraram para ter esse péssimo encontro, já que seus restos desmembrados foram encontrados pelos guardas da reserva na manhã do dia 3 de julho.

Nick Fox, proprietário dessa reserva natural, explicou à imprensa:

“Eles acabaram no meio de um grupo de leões, um grupo grande aparentemente, e não tiveram tempo hábil para reagir. Não sabemos exatamente quantos eram, não quer dizer muita coisa agora. Encontramos roupas de três pessoas.

E duas notícias boas

Boa notícia dupla nessa história: Não só os rinocerontes vítimas estão sãos e salvos, mas também são três caçadores a menos no mundo.

Todo ano, milhares de rinocerontes são mortos na África por conta do chifre, muito procurado pelos adeptos da medicina tradicional chinesa e vietnamita.

Acredita-se que ainda existam 5.000 rinocerontes negros no continente africano, sendo 1.200 só na África do Sul. Esse país também acolhe 20.000 rinocerontes brancos, o que representa 80% da população mundial.

• Bruna Moura
Leia mais