Lady Di: bombeiro que tentou salvar a vida da princesa revela suas últimas palavras

Lady Di: bombeiro que tentou salvar a vida da princesa revela suas últimas palavras

Lady Di nos deixou em 31 de agosto de 1997, vítima de um acidente de carro. Mais de 20 anos depois, Xavier Gourmelon, o bombeiro que a socorreu no local, revela as últimas palavras da princesa.

31 de agosto de 2018 marcou os 21 anos da morte da princesa de Gales, falecida na ponte d'Alma, em Paris. Seu companheiro, Dodi Al-Fayed, e seu motorista, Henri Paul, também morreram no acidente. Xavier Gourmelon foi um dos primeiros a chegar no local e socorreu a princesa de Gales...

Intervenção de Xavier Gourmelon

Sob juramento profissional, o bombeiro não tinha direito de comentar aquela noite. Hoje em dia, como não está mais em serviço, ele contou ao Sun: "Ela ainda respirava (...) Ela se mexia bem pouquinho. Logo percebi que ela ainda estava viva. Segurei sua mão e a tranquilizei, dizendo que estava ali para ajudá-la e que o socorro não demoraria."

Xavier não reconheceu Lady Di. "Coloquei a máscara de oxigênio nela e fiquei ao seu lado depois que a tiramos do carro. Foi muito rápido porque não precisamos cortar nenhum metal."

As últimas palavras da princesa

A princesa estava muito fraca e em choque. Em um último esforço, ela conseguiu falar com o bombeiro: "Meu Deus, o que aconteceu?"

Leia também
Miss Itália 2007 mostra seu novo rosto depois de ter sido atacada com ácido pelo namorado

O coração de Lady Di parou logo depois, mas Xavier não desistiu: "Fiz massagem cardíaca e sua respiração voltou. Honestamente, acreditei que ela viveria durante toda minha intervenção. Quando a colocamos na ambulância, achei realmente que tinha feito o necessário para salvá-la."

A morte de Lady Di foi anunciada poucas horas depois. Um resgate triste na história de Xavier Gourmelon.

Pedro Souza
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações