As celebridades que perderam casas em incêndios na Califórnia
As celebridades que perderam casas em incêndios na Califórnia
As celebridades que perderam casas em incêndios na Califórnia
Leia mais

As celebridades que perderam casas em incêndios na Califórnia

Gerard Butler e Miley Cyrus perderam imóveis em um dos três incêndios que atinge o Estado. Lady Gaga e Will Smith precisaram deixar suas casas.

Diversas celebridades perderam ou tiveram que deixar suas casas por causa dos incêndios florestais de grandes proporções que atingem o estado da Califórnia, nos Estados Unidos, desde a semana passada. Gerard Butler, Miley Cyrus e Neil Young tiveram seus imóveis destruídos pelas chamas. Outros famosos, como Lady Gaga, precisaram fugir para não serem vítimas fatais da tragédia.

O incêndio Woosley começou na última quinta-feira, 8 de novembro. Ele é um dos três focos de fogo de grandes proporções que atingem o estado e avança sobre Malibu, recanto de famosos e mansões milionárias. A ameaça causou a evacuação de diversas cidades. Mais de 250 mil pessoas precisaram deixar suas casas por causa dos incêndios, incluindo as cantoras Lady Gaga, Cher e Pink, o diretor de cinema Guillermo del Toro, os atores Will Smith e Orlando Bloom e o casal Kim Kardashian e Kanye West.

A casa de Lady Gaga sobreviveu às chamas, mas ela chegou a sofrer com os danos do fogo. Gaga se voluntariou na Cruz Vermelha para ajudar as vítimas e visitou um abrigo no domingo. "Vamos manter a fé juntos", disse ela aos desabrigados, aconselhando que mantenham o diálogo aberto com os conselheiros de saúde mental que estão atuando para atenuar o sofrimento.

A situação de Gerard Butler, Miley Cyrus e Neil Young é, infelizmente, pior. O ator postou um vídeo nas redes sociais em que mostrava sua casa de Malibu totalmente destruída. Ele conseguiu desocupar o imóvel antes que as chamas invadissem. "Momento devastador na Califórnia. Inspirado como sempre pela coragem, espírito e sacrifício dos bombeiros. Obrigado Departamento de Bombeiros de Los Angeles. Se você puder, apoie esses homens e mulheres corajosos", escreveu ele em seu perfil do Twitter.

Miley Cyrus também perdeu a casa que comprou com o noivo, o ator australiano Liam Hemsworth. A mansão era avaliada em US,5 milhões. "Meus animais e O AMOR DA MINHA VIDA conseguiram sair em segurança, e isso é tudo que importa agora. Minha casa não existe mais, mas as memórias compartilhadas com amigos e família permanecem. Sou grata por tudo que eu tenho", publicou a cantora no Twitter. Miley, Butler e outras celebridades estão usando suas redes para pedir doações para os desabrigados e os bombeiros.

O roqueiro Neil Young perdeu um imóvel pela segunda vez em incêndios na Califórnia, que têm sido cada vez mais comuns. Ele criticou a fala do presidente americano Donald Trump, que culpou a "má administração nojenta da Califórnia" - governada por Jerry Brown, dos Democratas, partido rival de Trump - e a política de reflorestamento no Estado pela tragédia: "A Califórnia é vulnerável — não por conta da administração florestal deficiente como o DT (nosso suposto presidente) nos faria pensar. Somos vulneráveis por conta da mudança climática; os eventos climáticos extremos e nossa seca prolongada fazem parte disso."

Até o momento, 42 pessoas morreram nos três incêndios que atingem o Estado. Parte dos mortos não resistiu às chamas enquanto estavam presas no trânsito, tentando escapar. Situação parecida aconteceu no incêndio de Pedrógrão Grande, em Portugal, que deixou 66 mortos e 254 feridos no mês de junho do ano passado. Esse já é o mais mortal episódio do tipo no Estado da Califórnia nos últimos 85 anos.

Escrito por Gouvea Aline
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações