Na Grécia, turistas acima do peso não podem mais passear de burro

Na Grécia, turistas acima do peso não podem mais passear de burro

Uma das mais procuradas atrações gregas tem nova regulamentação e impõe limite de peso aos turistas. Entenda!

A Ilha de Santorini, na Grécia, é um dos destinos turísticos mais cobiçados atualidade. Diariamente, milhares de pessoas desembarcam na famosa cidade de mar azul e casinhas brancas. Suas ruelas e ladeiras, porém, podem ser um desafio para as andanças. 

Foi, justamente, para lidar com esta dificuldade de caminhar pelas ruas estreitas e íngremes que o transporte de pessoas montadas em burros começou a ficar tão famoso na região – tornando-se uma atividade turística muito procurada. 

Mas, o excesso de trabalho tem causado muitos problemas para os animais. Durante o verão, diversas entidades de defesa dos animais protestaram contra as condições a que eles estavam sendo expostos e revelaram que vários deles estão com graves problemas na coluna por estarem sobrecarregados.

Leia também
Baía do Naufrágio: salte de paraquedas na ilha de Zakynthos na Grécia

Após muitas queixas, uma petição online com mais de 100 mil assinaturas e a divulgação de fotos de burros feridos, o governo grego decidiu tomar uma medida, proibindo que pessoas com mais de 100 quilos (ou com um quinto do peso do burro) subam no animal.

A nova lei também determina que animais que apresentem lesões ou estejam doentes não devem ser usados para atividades turísticas.  

• Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações