Um gato consegue descer sozinho de uma árvore? Descubra!
Um gato consegue descer sozinho de uma árvore? Descubra!
Um gato consegue descer sozinho de uma árvore? Descubra!
Leia mais

Um gato consegue descer sozinho de uma árvore? Descubra!

Todo mundo conhece a famosa história do gato que se aventurou no alto de uma árvore na esperança de capturar um pássaro. Mas, quando chegou lá em cima, se viu enrascado, pois não era capaz de descer. Fica aí o questionamento: o gato tem capacidade de descer sozinho de uma árvore? Vamos te explicar tudinho nesse artigo!

Esse tipo de chamada faz parte do dia a dia dos bombeiros do mundo todo: ir ao auxílio de um gato adulto ou filhote preso no alto de uma árvore.

Descer da árvore

Na verdade, graças a suas garras e a sua grande agilidade, os gatos não têm nenhum problema em subir no alto de uma árvore para espantar um esquilo ou um pássaro que estejam zombando deles lá em cima, bem lá em cima. Só que, nada prevenidos, nossos amiguinhos felinos raramente pensam em como vão descer.

Mas então: um gato pode mesmo sair de uma árvore na qual se empoleirou?

As garras de nossos gatinhos, bastante afiadas mas curvadas para trás, foram pensadas sob medida pela Mãe Natureza para permitir que o felino suba até o alto de uma árvore sem nenhum problema. Apesar disso, esses mesmos trunfos não ajudam em nada quando ele precisa descer do poleiro.

Uma postura contra a natureza

Ao iniciar a descida com a cabeça na frente, ele naturalmente tenta frear seu avanço ao enfiar por reflexo suas garras traseiras na casca da árvore. Infelizmente, enfiar as garras em forma de gancho para baixo, como uma descida exige, se revela um pouco... difícil.

Daí a necessidade de ajudar um gato preso no alto de uma árvore. Já que depois de diversas tentativas malsucedidas, o gato logo perde suas forças e não terá energia para novas tentativas de descida. Com fome e desidratado, ele escolhe ficar no alto de sua prisão silvestre, incapaz de se mover.

Preso na armadilha

Apesar de tudo, alguns dos felinos domésticos se mostram bem espertos. Alguns vão tentar sair da árvore descendo com a parte traseira primeiro, plantando as garras das patas dianteiras na lateral da árvore. Infelizmente, as patas traseiras dos gatos que servem para pular, correr e escalar, são bem menos hábeis que as da frente.

Você já entendeu: nada menos intuitivo para nossos bichanos preferidos do que essa operação super perigosa. Na verdade, tudo depende do tipo de árvore da qual estamos falando. Se o gato se aventurou em uma árvore com muitos galhos que chegam até o chão e com um tronco bem fino, ele deve conseguir descer sem problema.

Buscar ajuda

A melhor decisão ainda é chamar os bombeiros assim que perceber que o gato está preso no alto de uma árvore. Depois de doze horas, o animal se desidrata perigosamente e depois de dois dias sem se alimentar, ele pode começar a ter graves problemas de saúde. Você já sabe o que precisa fazer!

Escrito por Pedro Souza
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações