Mãe esmaga o próprio filho recém-nascido até a morte

Mãe esmaga o próprio filho recém-nascido até a morte

A mulher admitiu que estava alcoolizada quando a tragédia com o bebê de apenas um mês aconteceu. Ela acaba de ser condenada pela justiça do País de Gales a dois anos e quatro meses de prisão.

Marina Tilby, de 26 anos, tinha dado a luz há quatro semanas quando decidiu ir para uma balada com alguns amigos, no País de Gales. Como não tinha com quem deixar o bebê, levou-o junto com o grupo.

Carregar um recém-nascido para uma boate já seria um absurdo, mas o desfecho desta história é muito pior. Pessoas que estavam no local contaram às autoridades que a mulher estava visivelmente embriagada e que, enquanto dançava, jogou o bebê para o alto diversas vezes.

Marina conheceu dois homens no local e acabou indo para a casa de um deles. Chegando lá, segundo revelou à polícia, o homem ofereceu uma cama de casal para que ela e o filho pudessem dormir.

Leia também
Mulher cria bonecas tão realistas que quase acaba na prisão

Na manhã seguinte, a tragédia: quando acordou, notou que o bebê não se mexia ou respondia a qualquer estímulo. Ela havia dormido em cima dele e acabou matando-o. A criança chegou a ser levada para um hospital próximo, mas já estava sem vida.

A mãe foi presa ao revelar aos médicos o que tinha causado a parada cardíaca do filho e, recentemente, foi condenada a dois anos e quatro meses de prisão. Durante o julgamento, ela admitiu que foi negligente e ouviu muitas críticas do juiz do caso. Assista no vídeo o que o magistrado falou para ela.

Saiba mais sobre o crime, no vídeo acima! 

(Fonte: Meia hora) 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações