As 10 cidades mais perigosas da Europa

As 10 cidades mais perigosas da Europa

A lista foi desenvolvida com base num relatório que avalia a qualidade de vida em mais de 450 cidades do mundo, confira!

Todos os anos, a consultoria de recursos humanos Mercer elabora o Quality of Living Index (Índice de Qualidade de Vida), em que analisa cidades do mundo inteiro para eleger as mais e menos seguras para se viver e trabalhar. 

Para fazer a lista, os pesquisadores levam em conta não só questões de segurança pública, mas também ameaças de terrorismo, estabilidade interna, relação com outros países e a efetividade da aplicação das leis. 

Veja abaixo quais são consideradas as 10 cidades mais perigosas da Europa e os respectivos motivos:

10º - Bucareste (Romênia)

A maior cidade deste país do Leste Europeu aparece na lista devido à crescente criminalidade registrada nos últimos anos e aos casos de corrupção entre políticos. Apesar disso, não existem registros de grandes organizações criminosas por lá. 

9ª - Zagreb (Croácia)

A capital da Croácia ocupa a nona posição deste ranking por conta da alta corrupção existente. Isto faz com que as pessoas não confiem nas instituições públicas, o que inclui também a polícia local. 

8º - Riga (Letônia)

O crime organizado e a prostituição são os principais motivos que colocam a capital da pequena Letônia (tem apenas dois milhões de habitantes!) em oitavo lugar deste ranking. 

7º - Roma (Itália)

O forte alerta de terrorismo na capital italiana tem aumentado a sensação de insegurança tanto da população quanto dos turistas. Depois dos ataques em Paris, começaram boatos de que Roma seria o próximo alvo. 

6º - Madri (Espanha)

Além do constante medo de ataques terroristas, o nível de desemprego da capital espanhola ainda é bastante alto, especialmente entre os jovens, o que faz com que ela esteja em sexta posição no ranking de cidades mais perigosas da Europa

5º - Budapeste (Hungria)

A crise migratória que diversos países europeus estão inseridos está afetando diretamente o cotidiano de Budapeste, a capital da Hungria. Os muitos protestos têm assustado os que por lá passam e fizeram com que a cidade esteja no top 5 desta lista. 

4º - Sofia (Bulgária)

A Bulgária é considerada o país mais pobre pertencente à União Europeia. Lá, são comuns os escândalos de corrupção e, atualmente, há uma grande polêmica com relação aos cortes de benefícios da população – fazendo com que sejam constantes os protestos na capital do país, Sofia. 

3º - Atenas (Grécia)

As consequências de uma das mais graves crises econômicas do mundo assolam até hoje a capital grega. Problemas na segurança pública são visíveis e tem sido registrado um considerável aumento nos crimes na cidade. 

Leia também
A foto de casamento desse casal viralizou por um motivo emocionante

2º - Belgrado (Sérvia)

Corrupção, roubo e vandalismo colocam a capital da Sérvia na segunda posição entre as cidades mais perigosas da Europa. Apesar disso, os crimes violentos não são tão comuns.

1º - Kiev (Ucrânia)

Ser o primeiro colocado de um ranking deste tipo não pé nada bom. O que levou Kiev a ocupar esta posição foram, principalmente, os protestos violentos e os casos de roubos. A constante tensão com a Rússia também foi considerada, pois deixa a região sempre em alerta máximo.   

• Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações