Não há mulheres na lista dos atletas mais bem pagos do mundo
Não há mulheres na lista dos atletas mais bem pagos do mundo
Não há mulheres na lista dos atletas mais bem pagos do mundo
Leia mais

Não há mulheres na lista dos atletas mais bem pagos do mundo

Liderada pelo boxeador Floyd Mayweather, a tradicional lista elaborada anualmente pela Forbes surpreende com a ausência de mulheres. Neymar é o 5º colocado

A revista Forbes divulgou esta semana a lista dos 100 atletas mais bem pagos do mundo e, por incrível que pareça, não há absolutamente nenhuma mulher nela.

O boxeador Floyd Mayweather é o primeiro colocado, seguido pelos jogadores de futebol Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, que liderou nos últimos dois anos. Neymar aparece em quinto lugar. A lista leva em consideração as receitas entre 1º de junho de 2017 e 1ª de julho deste ano. Com a tenista americana Serena Williams temporariamente fora das quadras por ter dado à luz Alexia Olympia, sua primeira filha, nenhuma mulher foi incluída no ranking. É a primeira vez que isso acontece desde 2010. No período considerado, ela recebeu “apenas” 18 milhões de dólares.

Enquanto isso, Mayweather, que está na liderança pela quarta vez em sete anos, destacou-se por receber uma verdadeira bolada pela sua luta de boxe contra o astro do UFC Conor McGregor, em agosto do ano passado. Segundo a revista, o boxeador lucrou 285 milhões de dólares nos últimos 12 meses – é mais do que a soma do segundo e do terceiro colocados. Em um ano, Lionel Messi faturou 111 milhões de dólares e o português Cristiano Ronaldo, 108 milhões.

Apesar de ter sido superado por Cristiano Ronaldo na disputa pelo prêmio de melhor jogador do ano da FIFA, Messi recebeu mais graças a uma extensão do seu contrato com o Barcelona – que o manterá no clube catalão até a temporada 2020-2021 – e também a contratos milionários com marcas como Adidas, Gatorade, Pepsi e Huawei.

O primeiro brasileiro a aparecer na lista, claro, é o namorado de Bruna Marquezine. Neymar está em quinto colocado no ranking geral e é o terceiro entre os astros do futebol. Ele subiu 13 posições com relação ao ano passado, com uma renda de 90 milhões de dólares, sendo 17 milhões em patrocínios. Em agosto de 2017, o atacante brasileiro protagonizou a maior transferência da história do futebol ao deixar o Barcelona para defender o Paris Saint-Germain, com um contrato de cinco anos. Apenas um outro brasileiro aparece entre os 100 mais bem pagos do mundo, Oscar. O meia trocou o Chelsea pelo Shanghai SIPG, da China, e faturou cerca de 27 milhões de dólares na ocasião. Ele ocupa a 56ª colocação.

Como esperado, o país com mais nomes representados na lista é os Estados Unidos: são 66 atletas no top 100. E a maior parte deles vem do basquete, sendo 40 jogadores da NBA – um recorde na história do ranking da revista (no ano passado, foram 32). Desta modalidade, o mais bem pago é LeBron James, com faturamento de cerca de 85 milhões de dólares nos últimos 12 meses. Ele ocupa a sexta posição.

Além da ausência de mulheres, também se percebeu o pouco reconhecimento dado aos atletas de modalidades olímpicas. Apenas o velocista Usain Bolt, já aposentado, aparece no ranking. O multicampeão, que fez história tanto em mundiais de atletismo quanto nos Jogos Olímpicos, ocupa o 43º lugar. Para elaborar esta lista, a revista Forbes leva em consideração a soma do salário dos atletas, prêmios, bônus e patrocínios com marcas.

No total, os 100 esportistas mais bem pagos do mundo nos últimos 12 meses receberam juntos cerca de 3,8 bilhões de dólares.

Confira abaixo o top 10:

1 - Floyd Mayewather, Estados Unidos, boxe 285 milhões de dólares

2 - Lionel Messi, Argentina, futebol, 111 milhões de dólares

3 - Cristiano Ronaldo, Portugal, futebol, 108 milhões de dólares

4 - Conor McGregor, Irlanda, MMA, 99 milhões de dólares

5 - Neymar, Brasil, futebol, 90 milhões de dólares

6 - Lebron James, USA, basquete, 85,5 milhões de dólares

7 - Roger Federer, Suiça, tênis, 77,2 milhões de dólares

8 - Stephen Curry, USA, basquete, 76,9 milhõe de dólares

9 - Matt Ryan, USA, futebol americano, 62,4 milhões de dólares

10 - Matthew Stafford, USA, futebol americano 59,5 milhões de dólares

Escrito por Pedro Souza
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações