Jovem fica cega depois de beber drink “batizado”

Jovem fica cega depois de beber drink “batizado”

A vodca falsificada continha álcool metílico e prejudicou a visão e o funcionamento dos rins de Hannah Powell.

As tão aguardadas férias de verão na Grécia tornaram-se um pesadelo para a jovem britânica Hannah Powell. Após curtir a noite ao lado das amigas numa discoteca em Zakynthos, ela começou a sentir-se estranha e não parava de vomitar.

O ano era 2016 e Hannah tinha bem mais do que uma ressaca. Quando acordou no seu quarto de hotel, teve a impressão de que as luzes estavam apagadas. Ela logo sugeriu que abrissem as cortinas e os seus amigos responderam que já estavam abertas. Achando que se tratava de uma brincadeira, a jovem se levantou para acender as luzes.

E foi aí que começou o pânico... Hannah foi encaminhada ao hospital e, após exames médicos, descobriu que tinha ingerido sem saber álcool metílico. A substância fez com que ela perdesse a visão e também afetou o funcionamento de um dos seus rins.

Em entrevista à BBC, ela contou que tinha bebido drinks com vodca na noite anterior e, ao que tudo indica, tratava-se de uma vodca falsificada - onde foi misturada a substância tóxica.

Leia também
Miss Itália 2007 mostra seu novo rosto depois de ter sido atacada com ácido pelo namorado

Gangues fabricam vodcas clandestinamente e vendem aos bares por um preço mais barato e os clientes, claro, não sabem o que estão ingerindo. “Você é um consumidor e acha que está comprando vodca Smirnoff, mas não é. Eles colocam estes líquidos em garrafas verdadeiras de Smirnoff", explicou Hannah.

(Fonte: BBC) 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações