Transtorno impede mulher de ficar sem roupa na frente do namorado

Transtorno impede mulher de ficar sem roupa na frente do namorado

Mitch Witham conta como é a rotina com sua namorada que sofre de transtorno dismórfico corporal.

Ele namora Liane Piper há três anos, o casal se conheceu no Tinder - que Liane adorava porque podia controlar como ela aparecia nas fotos. Ela parecia muito confiante nas primeiras vezes em que se conheceram, porém seis meses após o início do relacionamento, ficou claro que os problemas de imagem corporal dela eram algo muito além de um problema de baixa autoestima.

O transtorno 

Liane sofre de transtorno dismórfico corporal, uma doença em que a pessoa não se sente a vontade com o próprio corpo ou aparência. "Eu realmente amo minha namorada. Eu só queria que ela sentisse o mesmo sobre si mesma. Ela é engraçada e linda, com olhos azuis e cabelos compridos...Mas Liane odeia seu visual e se descreve como feia e nojenta várias vezes ao dia". Disse Mitch em entrevista a BBC Three.

Leia também
Ictiose Lamelar: o que é essa misteriosa doença que transforma a pele de suas vítimas?

Ele relata um episódio em que eles estavam juntos se preparando para sair, quando ela percebeu que seu laquê tinha acabado e ela estava muito brava por isso. Ele então decidiu sair para comprar uma lata nova, pois ela parecia muito nervosa e preocupada com a aparência de seu cabelo. Mas como o laquê era de uma marca que ela não estava acostumada a usar, ela ficou incrivelmente irritada, a ponto de chutar as coisas e eles acabaram brigando. Quando conseguiram se acalmar, ele percebeu que havia algo errado com o seu comportamento e a maneira com que ela lidava com a sua aparência. 

Mitch tem TOC (transtorno obsessivo compulsivo), embora tenha se agravado, é administrável. Ele percebeu que alguns dos comportamentos dela poderiam ser sintomas de um trastorno de ansiedade parecido e sugeriu que ela procurasse um médico. Foi quando ela foi diagnosticada com TDC. Essa doença afeta cerca de 2% da população e leva uma pessoa a pensar que é feia, comparar a sua aparência com a de outras pessoas e se preocupar com uma área específica do corpo, geralmente, o rosto.

Liane só começou recentemente uma terapia para o TDC e, embora agora tenha um diagnóstico, viver com essa condição é algo difícil. Estar com Liane significa que o TDC também faz parte do dia a dia de Mitch. E isso pode criar imprevistos, como a vez em que foram a um bar, mas Liane decidiu que não poderia entrar no local porque uma garota que ela achava muito mais bonita do que ela estava sentada lá dentro. 

Falta de intimidade 

A parte mais difícil é que o casal não tem intimidade. É muito difícil para Liane ficar nua na frente de Mitch. A última vez que tiveram mais intimidade, há alguns meses, eles foram apenas até as preliminares. Normalmente ele espera pela iniciativa dela porque sabe que ela estará confortável, mas ela geralmente quer que ele dê o primeiro passo. Isso significa que eles mantém relações íntimas muito ocasionalmente.

O casal já tentou de várias maneiras ser mais íntimo, desde encontros à noite até ele dizer o quanto a acha atraente e dar tempo para ela ficar pronta. Mas se ela não está confortável consigo mesma, é muito difícil. Isso significa que não podem planejar o futuro. Eles até discutem sobre casamento e filhos. Mas Liane não gosta muito da ideia do que um bebê pode fazer com seu corpo. 

Apesar das dificuldades, o casal segue juntos, e Mitch tem total confiança no amor que Liane e ele tem um pelo outro. Eles lidam com um dia de cada vez e comemoram os bons momentos que possuem juntos. (Fonte: BBC Three)

• Bruna Moura
Leia mais