Januhairy: campanha incentiva mulheres a não fazer depilação em janeiro

Januhairy: campanha incentiva mulheres a não fazer depilação em janeiro

Criado por uma estudante inglesa, o movimento ganhou as redes sociais e pretende arrecadar dinheiro para ajudar uma instituição dedicada a ajudar mulheres.

Uma das hashtags mais utilizadas no Instagram nos últimos dias é a junção das palavras january (janeiro, em inglês) e hairy (peludo). O movimento Januhairy tem feito sucesso nas redes sociais ao incentivar as mulheres a não fazer depilação no mês de janeiro. O objetivo é promover na sociedade uma maior aceitação dos pelos femininos.

Enquanto algumas internautas demonstram orgulho das suas axilas ou pernas peludas, outras fazem duras críticas e dizem sentir nojo. 

O texto de lançamento da campanha explica “É uma experiência para as mulheres se unirem e encorajarem umas às outras. A aceitação de pelos corporais em mulheres infelizmente ainda é uma situação difícil”. A ideia foi da jovem inglesa Laura Jackson com o intuito também de arrecadar fundos para uma instituição de caridade chamada Body Gossip, que realiza trabalhos de educação e artes para desenvolver uma imagem positiva sobre todos os tipos de corpo. 

Leia também
Mulher cria bonecas tão realistas que quase acaba na prisão

Em entrevista à BBC, Laura contou que está feliz com a repercussão mundial que tem tido o Januhairy, mas que sofre com duras críticas de alguns amigos e familiares "Esta não é uma campanha raivosa contra pessoas que não veem os pelos como algo normal. Eu só quero que as mulheres se sintam mais confortáveis em seus corpos maravilhosamente únicos.” 

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações