Artista mexicano transforma armas em instrumentos musicais e pás para plantar árvores

Artista mexicano transforma armas em instrumentos musicais e pás para plantar árvores

O artista mexicano Pedro Reyes juntou muitas pistolas para fazer seu projeto “pás por pistolas”.

Pedro Reyes, além de artista contemporâneo, é um ativista pela paz. Para dar vida ao seu projeto “pás por armas”, o mexicano coletou mais de 1500 pistolas entre outros armamentos. Suas obras de arte têm sido expostas na Galeria de Arte de Vancouver, no Canadá; no Instituto de Arte de São Francisco, Estados Unidos; e na Maison Rouge de Paris; entre vários outros lugares pelo mundo.

Reyes pretende explorar com seu projeto o lado artístico que não é exatamente apreciável e agradável de se ver, mas sim que carrega uma mensagem de impacto social. Essa é a sua forma de expressão e também característica da corrente atual de arte contemporânea.

Outro objetivo do arquiteto é trazer uma perspectiva positiva a partir de um lado negro da sociedade. “Tudo depende da perspectiva pela qual se observa”, esse é o seu lema que possibilitou transformar objetos quebrados ou nefastos em coisas novas e atrativas.

Com sua iniciativa e muita publicidade, a ideia de Pedro Reyes foi bem acolhida pelo público, ele conseguiu ao todo 1.527 pistolas, as quais derreteu. O metal fundido foi transformado em peças de pás, que, juntadas com o cabo em madeira, foram distribuídas em várias escolas, instituições de arte e comunidades, para que, finalmente, pudessem ser plantadas ao menos 1527 árvores.

“Se alguma coisa está morrendo, apodrecendo, e cheirando mal, acredito que existe a possibilidade de fazer um adubo no qual essa vasta gama de materiais se misture de uma forma completamente nova”, disse o artista em entrevista à revista BOMB.

Leia também
Mulher cria bonecas tão realistas que quase acaba na prisão

Além desse projeto, Reys também teve uma iniciativa equivalente para produzir esculturas de metal ou então, instrumentos musicais. O trabalho artístico do mexicano é a prova de que ele é amplo, diverso e extraordinariamente criativo. Além de escultor e arquiteto, ele produz vídeos, performances e peças de teatro, que vão parar em grandes museus do mundo. Entretanto, é uma só a linha que o motiva, o contexto político e social que o entorna.

Depois de seu projeto “pás por pistolas”, voltaram a entregar mais armas para ele, muito mais, 6.700 para ser mais exato, e então, Pedro Reyes levou seu projeto a um nível superior. A artista lançou uma série de 50 instrumentos musicais, incluindo guitarras, baixos, flautas e xilofones usando metralhadoras. O resultado disso tudo foi a obra “Imagine”, inspirada na música de John Lennon, que também lutava em favor da paz mundial.

“Imagine” rendeu muitas apresentações de música ao vivo utilizando seus instrumentos “artesanais”. Em um vídeo gravado durante uma visita ao seu estúdio, podemos observar o artista sentado ao lado de muitas caixas de centenas de armas. “A tecnologia não é nem bonita nem má, tudo depende de como nós a utilizamos, essa é a redenção desse metal, que poderia ter me matado ou te matado, então, melhor agora que sejam instrumentos”, completou Reyes.

Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações