Menina de 2 anos morre em condições desumanas por causa de suas mães

Menina de 2 anos morre em condições desumanas por causa de suas mães

Criança de 2 anos é descoberta em condições desumanas em um apartamento na Escócia.  

O casal de lésbicas  Margaret Wade, 38, e Marie Sweeney, 37, foi preso acusado  da morte de Lauren Wade que morreu desnutrida no apartamento imundo em que morava em Glasgow, na Escócia. O casal foi condenado a 6 anos e quatro meses de prisão.

Lauren, que tinha apenas dois anos e cinco meses, morreu em Março de 2015 por complicações causadas por uma desnutrição.

A equipe médica descobriu que Lauren estava infestada de piolhos quando foi levada ao hospital depois de ser encontrada desacordada em sua casa. A menina foi dada morta 30 minutos depois.

“A criança  estava magra, suja e fedendo com a fralda encharcada e a cabeça estava coberta de milhares de piolhos”, ouviu o Supremo Tribunal de Glasgow hoje.

Havia evidências de que os piolhos estavam lá há "mais de 17 meses".

Os paramédicos disseram ao tribunal que o lençol em que Lauren estava deitada estava coberto de piolhos e pulgas e eles tiveram que limpar e descontaminar a ambulância.

Um policial que visitou o apartamento "inabitável" onde a família vivia, o descreveu como "uma das casas mais repugnantes que ele já viu em sua carreira".

Testemunhas disseram que o apartamento estava cheio de lixo, restos de comida, pratos e roupas sujas e com centenas de insetos e moscas.

Leia também
Garotinha explica a seu pai porque rabiscou sua Barbie

Wade e Sweeney admitiram que maltrataram e negligenciaram a criança e também se declararam culpadas por acusações semelhantes em relação a dois filhos mais velhos.

A juíza Lady Stacey disse a Wade e Sweeney que seus filhos haviam sido submetidos a um estilo de vida 'caótico' e 'tinham direito a uma vida familiar melhor do que a delas'.

 

Fonte: Daily Mail

Imagem: Metro News 

• Andressa Zabeu
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações