Mãe manda filho "ficar quieto" enquanto ele morria esmagado
Mãe manda filho "ficar quieto" enquanto ele morria esmagado
Leia mais

Mãe manda filho "ficar quieto" enquanto ele morria esmagado

Depois de muitas mentiras contadas pela mãe e o namorado, a verdadeira razão da morte da criança foi esclarecida.

O acidente aconteceu na cidade de Sutton, quando um grupo de amigos voltava de uma tarde de compras. No carro estavam quatro adultos: a mãe do menino, uma amiga, seus respectivos namorados e o pequeno Alfie. Os dois homens se sentaram nos bancos da frente e a duas mulheres no banco de trás com o menino. Adrian Hoare, a mãe de Alfie, colocou a criança entre suas pernas, sentado no espaço para os pés do banco de  trás do co-piloto.

Em um dado momento do trajeto, Stephen Waterson (namorado da mãe ), que estava sentado no banco da frente do carro, decide que o espaço onde estava sentado não era suficientemente confortável.

Foi então que  ele tomou a decisão de afastar seu assento no máximo. O que seu egoísmo e inteligência limitada não permitiram que ele entendesse é que o limite do assento estava sendo marcado pela cabeça de Alfie, que começou a agonizar enquanto era esmagado. Alfie começou a pedir ajuda. A mãe não percebe a gravidade da situação e chega a mandar o menino “ficar quieto”.

Chegando em casa, a mãe percebe que Alfie estava inconsciente e o leva para o hospital. Alfie morreu três dias depois do acontecido. A mãe e o namorado serão julgados por maus-tratos e homicídio culposo (sem intenção de matar). 

Escrito por Andressa Zabeu

Sem Internet
Verifique suas configurações