Após cirurgia de separação, as gêmeas siamesas Mel e Lis se encontram pela primeira vez separadas

Após cirurgia de separação, as gêmeas siamesas Mel e Lis se encontram pela primeira vez separadas

O procedimento foi feito no Hospital da Criança em Brasília e foi um enorme sucesso.

Na última terça-feira Mel, uma das gêmeas siamesas que teve o crânio separado em uma cirurgia inédita no Distrito Federal, recebeu alta da UTI, onde ficou durante os últimos 24 dias.

Antes de ir para a enfermaria, a pequena Mel visitou sua irmã Lis que ainda continua na unidade de tratamento intensivo. As duas se encontraram pela primeira vez separadas.

Em um entrevista dada ao jornal Métropoles, a mãe Camilla Vieira contou que o momento do encontro das meninas foi emocionante: “Elas ficaram se olhando como se estivessem se reconhecendo. Colocamos elas sentadas mais perto, pegaram na mão uma da outra e tentaram pegar a roupa da outra”, disse.

Uma cirurgia minuciosa

A cirurgia de separação das gêmeas siamesas começou a ser planejada e estudada quando as meninas ainda tinham 2 meses de vida.  Os médicos treinaram a cirurgia em bonecas e moldes 3D e tudo foi ensaiado milimetricamente.

A procedimento, que aconteceu no Hospital da Criança em Brasília,  foi realizado em 36 etapas e teve início às 6h30 do dia 27 de abril e terminou no dia 28 às 2h30.

Leia também
A imagem deste pai com seus gêmeos prematuros ficou conhecida por causa de um detalhe emocionante

No fim, a cirurgia foi um grande sucesso e agora família e os médicos esperam a recuperação da pequena Lis. Além disso, as irmãs que passaram quase um ano coladas pelo crânio, deverão aprender a fazer as coisas separadamente o que será, sem dúvida, uma nova batalha.

Fonte: Metrópoles 

Andressa Zabeu
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações