Dicas simples para identificar uma pessoa mentirosa
Dicas simples para identificar uma pessoa mentirosa
Leia mais

Dicas simples para identificar uma pessoa mentirosa

A mentira é um recurso humano de defesa utilizado para o indivíduo sair de situações difíceis e para tirar maior proveito sobre as coisas. Aprenda truques simples para descobrir quem está mentindo e quem não.

Apesar de a mentira ser um recurso típico humano, o cérebro não trabalha muito bem com a mentira da mesma forma que trabalha com a realidade. A mentira exige da mente humana muito mais do que a simples verdade. Dessa forma, o corpo pode deixar escapar alguns indícios desse esforço a mais que o cérebro humano faz durante um discurso.

1- Desvio de olhar

É muito difícil para os mentirosos manterem o contato visual com quem estão falando. Quando alguém estiver contando uma história para você olhe bem nos olhos dela, os desvios de olhar são indícios de que ela precisa parar de se concentrar em você para se concentrar na história que está criando. Por outro lado, há também os mentirosos que fixam muito o olhar, manter um ponto fixo ajuda o cérebro a formar as criações.

2- Sinais faciais e das mãos

A mentira vem numa situação de perigo, e quando o cérebro se dá conta de que está numa situação delicada, ele reage enviando estímulos para o corpo, como tornando a face avermelhada, fazendo com que a pessoa salive demais ou provocando desconforto na pessoa de forma geral, de modo que ela se sinta provocada a coçar alguma parte do corpo, ou gesticular de forma estranha ou de forma exagerada. Portanto, note se a pessoa está engolindo demais, se está ficando vermelha e na forma que ela está mexendo as mãos e os pés.

3- Pausas

Assim como qualquer processo criativo, a mentira exige uma carga de criatividade do indivíduo. E a inspiração nem sempre dá conta de responder instantaneamente a perguntas específicas e resolver situações mirabolantes na ponta da língua. Então, esteja atento às pausas, elas rendem boas pistas de que a pessoa precisa de tempo para conseguir estruturar o discurso de forma que ele seja convincente.

Escrito por Gouvea Aline
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações