6 maneiras de evitar a procrastinação, segundo a ciência
6 maneiras de evitar a procrastinação, segundo a ciência
6 maneiras de evitar a procrastinação, segundo a ciência
Leia mais

6 maneiras de evitar a procrastinação, segundo a ciência

Procrastinação não é apenas preguiça, mas uma reação da mente. Conheça seis formas de evitar a enrolação das tarefas e fazer seu cérebro trabalhar.

Para muita gente, é difícil driblar a procrastinação, o ato de adiar a execução de tarefas importantes. A atitude, porém, não nasce de uma simples preguiça. O cérebro é o fundo do problema - e também, a chave para resolver.

"Enrolar" para fazer uma coisa ou outra, mesmo sob o risco de consequências, pode ser um ato mais consciente do que se imagina. O tempo todo, uma série de operações inconscientes tomam lugar no cérebro humano. Elas se dão principalmente na área conhecida como córtex pré-frontal, onde as chamadas funções executivas acontecem. Essas funções incluem habilidades como motivação, prioridades e organização.

Cansaço ou estresse são motivos comuns para a procrastinação porque afetam as funções executivas. Esse tipo de sensação ativa o modo de sobrevivência, o que faz com que deixemos de agir de maneira responsável e lógica.

A boa notícia é que, de acordo com a ciência, há jeitos de mudar isso. Confira algumas maneiras de evitar a procrastinação.

1. Use a imaginação

Ativar a imaginação é ótimo para dar uma acordada no cérebro e reativar suas funções executivas. Cantar ou ouvir sua música preferida são algumas atividades que você pode realizar para não deixar a procrastinação tomar conta do seu dia.

2. Transforme tarefas específicas em partes de um processo

Se a sua lista de tarefas inclui um atividade mais complexa, como finalizar um projeto, relacione todas as ações que você vai ter que realizar para alcançar o objetivo. Marcar como completas cada uma dessas ações vai te ajudar se manter motivado e evitar a procrastinação.

3. Crie esquemas visuais

Um bom jeito de não se perder nas tentações de procrastinar é anotar tudo e não ter dúvidas sobre as tarefas a serem executadas. Utilize quadros de avisos ou planners que possam reforçar quais tarefas precisam ser feitas em ordem de prioridade, ajudando seu cérebro a se organizar.

4. Delegue e automatize quando possível

Às vezes, ficamos presos com uma tarefa porque estamos entediados. Isso acontece muito com os afazeres do dia a dia. O trabalho da faculdade está difícil de sair? Peça ajuda a um colega de grupo. Não está com tempo nem paciência para ir ao banco pagar contas? Coloque tudo no débito automático. Evitar problemas deve ser o seu foco. Vai causar menos desgaste e procrastinação.

5. Expresse-se e desopile

Também podemos estar procrastinando uma atividade por excesso de coisas para pensar. Limpar a cabeça das más energias do estresse é fundamental. Então, relaxe! Conversar com um amigo sobre um problema que te aflige ajuda. Depois que estiver mais tranquilo, retome o que havia sido adiado.

6. Só mais cinco minutinhos

Comece sempre pela tarefa mais fácil. Dedique a ela um número de minutos determinado, que mais funcione para você. Faça uma pausa e depois retome. Seu cérebro vai agradecer esse respiro.

Escrito por Gouvea Aline
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações