Mulher é condenada por homicídio por mensagens enviadas ao noivo

Mulher é condenada por homicídio por mensagens enviadas ao noivo

Nos Estados Unidos, um juiz considerou que as palavras de Michelle Carter provocaram a morte de seu namorado, Conrad Roy, de 17 anos.

O jovem americano Conrad Roy suicidou-se na noite de 14 de agosto de 2014. Ele dirigiu até um estacionamento e desligou o motor do carro. No banco traseiro havia um gerador portátil, que encheu o interior o veículo com monóxido de carbono. Ele acreditava que essa seria a melhor forma de acabar com a própria vida.

Detalhes do ocorrido 

Quando Roy percebeu que o gás começava a fazer efeito, teve dúvidas e saiu do veículo. Ele então enviou uma mensagem para a namorada, perguntando se o que estava fazendo era correto. Michelle respondeu: “Entra de novo na porcaria do carro. Faz isso de uma vez”

Leia também
Um estudo determina a idade ideal para se casar e evitar o divórcio

Horas depois, as autoridades encontraram o corpo sem vida no interior do veículo. Durante as investigações foram reveladas todas as mensagens que a garota enviou a Roy, em que se percebe claramente como Michelle animou o jovem a cometer suicídio. Ela o incitou de forma tão insistente que o ato poderia ser considerado perseguição.

A notícia, que rodou o mundo, chocou a todos e viralizou na internet. O tribunal de Massachussetts acaba de declarar Michelle Carter culpada por homicídio culposo, com pena de 20 anos de prisão.

• Bruna Moura
Leia mais