Casal obriga filha adotiva a comer as cinzas de sua falecida mãe
Casal obriga filha adotiva a comer as cinzas de sua falecida mãe
Leia mais

Casal obriga filha adotiva a comer as cinzas de sua falecida mãe

A jovem tem tem apenas 22 anos e sofre com autismo. Na investigação descobriram que o episódio das cinzas é apenas um dos muitos maus-tratos que a menina sofreu.

Em 2015, a mãe da jovem protagonista dessa triste história faleceu. Aos 21 anos de idade e incapaz de ser auto-suficiente devido ao autismo, a jovem foi morar com parentes que se propuseram a ficar com a sua custódia.

Terry e Raylaine Knope são parentes distantes da vítima e pais de outros três filhos da mesma idade. O casal concordou em adotar e cuidar da menina. E foi exatamente isso que eles não fizeram.

Como revelou a investigação do caso, a vida da menina se tornou um inferno desde o momento em que ele pôs os pés na casa da família Knope. Este casal sem coração se aproveitou da doença da menina e sua incapacidade de pedir ajuda para sujeitá-la a todos os tipos de abusos.

A lista é interminável: eles fizeram ela dormir em um puleiro cheio de fezes e insetos, a espancaram, insultaram e abusaram dela e, é claro, mantiveram a ajuda financeira que a menina recebia por causa de seus transtornos.

No interrogatório a família confessou todos os horríveis episódios. Eles contaram que chegaram  fechar as feridas que fizeram à menina com cola (pois se tivessem a levado ao hospital poderiam ser pegos) e ainda a obrigaram a comer as cinzas de sua mãe. A polícia suspeita que além de todas essas atrocidades, o casal também tenha tentado prostituir a garota.

Dois dos filhos do casal se declararam culpados das acusações com os pais e aguardam a sentença. Terry e Raylaine Knope poderão enfrentar no mínimo 28 anos de prisão cada.

Como você pode ver no vídeo, as imagens das condições em que a garota viveu são assustadoras.

Fonte: The Sun 

Escrito por Andressa Zabeu

Sem Internet
Verifique suas configurações