Mulher finge ter alergia para retirar dois cães de avião e acaba sendo expulsa do voo

Mulher finge ter alergia para retirar dois cães de avião e acaba sendo expulsa do voo

Os passageiros desse avião testemunharam uma cena chocante durante o embarque do voo operado pela companhia Southwest Airlines.

No aeroporto de Baltimore, uma jovem mulher foi forçada a sair de um avião depois de dizer à tripulação que estava sofrendo de uma alergia fatal a animais de estimação. Na verdade, a passageira não tinha atestado médico que comprovasse que ela poderia permanecer a bordo enquanto os animais estivessem presentes na cabine.Em um vídeo filmado por outro passageiro, podemos ver a jovem sendo arrastada para fora do avião por policiais.

Leia também
Ela descobre problema durante a gravidez graças a gemidos da cadela diante de sua barriga

De acordo com Bill Dumas, o autor do vídeo, ela afirmou ser "letalmente alérgica" aos cães e pediu que os dois animais a bordo fossem removidos. Depois que os funcionários da empresa explicaram que não era possível retirar os animais, ela teria pedido um tipo específico de injeção para aliviar os sintomas. A companhia não conseguiu decolar, por isso, telefonou para policiais que usaram a maneira mais forte de tirar a jovem do avião, ela insistia que deveria ir a Los Angeles para visitar o pai dela que seria operado no dia seguinte.

Segundo a polícia, quando ela desceu do avião, a jovem foi presa por interromper a ordem pública, violar uma ordem razoável e lícita e obstruir o trabalho da polícia, antes de ser libertada.Por sua vez, a empresa Southwest Airlines pediu desculpas: "Estamos publicamente pedindo desculpas a essa cliente por sua experiência, e entraremos em contato diretamente com ela para tratar de suas preocupações", informou a NBC News. 

Pedro Souza
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações