Ele ficou andando por dois dias com uma placa para ajudar um cachorro perdido

  • Jason conseguiu colocar Roxy no carro dele.
  • Ele a levou ao veterinário para verificar se ela estava bem.
  • Uma vez em casa, a cadela ficou confiante.
  • Para encontrar seu dono, Jason ficou caminhando por dois dias.
  • Redes sociais não ajudaram, então ele voltou aos métodos mais simples!

Jason Gasparik é um herói: depois de encontrar uma cadela que parecia estar perdida, este jovem americano ficou dois dias procurando seu dono.

Esta história é um bálsamo para o coração. Ao voltar para casa na sexta à noite, Jason Gasparik, um jovem americano de Charlotte, Carolina do Norte, parou seu carro porque uma silhueta na beira da rua chamou sua atenção. "Eu vi um cachorro correndo em círculos na estrada. Parecia perturbado e assustado", disse ele ao site The Dodo.

Jason tentou se aproximar para proteger o bichinho, mas o animal se recusava. Até que a polícia passando por lá parou para ajudá-lo. Depois de várias tentativas, eles conseguiram cansar o animal brincando com ele. A cadela acabou cedendo.

Jason Gasparik a leva diretamente a uma clínica veterinária 24 horas. Então a cadela ficou bem, mas ela não tinha número de identificação. Não tinha como ligar para o dono dela. Como encontra-lo?

Início da missão

O jovem foi para casa e publicou várias mensagens no Facebook para espalhar a informação e, ver se  encontrava o dono da cadela Roxy. Ele também usou o PawBoost, um serviço que faz com que publicações do Facebook sobre animais perdidos cheguem a associações de bem-estar animal para que elas possam ajudar.

Enquanto isso, Roxy já não tinha mais medo: ela se sentia segura. "Assim que chegamos em casa, ela pulou na minha cama e começou a lamber meu rosto. Ela estava toda animada!", Diz Jason.

Apesar de suas tentativas nas redes sociais: nada funcionou. O dono da Roxy não apareceu. Jason decidiu então voltar aos velhos hábitos: andando pela rua.

"Você conhece esse cachorro?"

O rapaz pegou um pedaço de papelão, escreveu "Você conhece esse cachorro?" E voltou para onde ele encontrou Roxy. "Eu me senti um pouco estúpido quando saí do meu carro com o minha placa. Eu estava com medo de que eu fosse confundido com um cara maluco ou com problemas", diz ele.

Quem passava, filmava e tirava foto, postando depois nas redes. Mais uma chance de encontrar o dono da Roxy. "Alguns eram céticos, eles achavam que eu estava fazendo uma piada", diz Jason. "Mas outros também me ofereceram ajuda, eles ofereceram levar água e comida para o cachorro".

Jason passou o dia todo no sábado de pé na rua, e ele começou de novo no dia seguinte. Depois de quase dois dias, um milagre: uma mulher fez contato com Jason pela internet para avisá-lo que ela conhecia o dono da Roxy, e que ele a procurava!

Leia também
Michigan: é proibido ter um pitbull nesse Estado e Dan Tillery luta para ficar com seu cachorro

Jason marcou de encontrá-la à tarde. O dono da Roxy, um senhor idoso, chegou e mostrou documentos para provar que o cachorro era dele. Tudo fica bem quando acaba bem, e Roxy encontrou seu dono, mais feliz do que nunca!

Identifique seus cães!

"Se há uma lição que eu gostaria que as pessoas lembrassem, é que é essencial que os donos de animais tenham seus animais identificados!", Disse Jason após a aventura. De fato, se Roxy tivesse um chip ou com um colar com suas informações, ele poderia tê-la devolvido imediatamente. No entanto, a história terminou bem e Jason Gasparik pode se orgulhar do que conseguiu para a Roxy!

• André Lourenço
Um Tinder para cães abandonados?

Um Tinder para cães abandonados?


Sem Internet
Verifique suas configurações