As seis fases da vida do cachorro
As seis fases da vida do cachorro
Leia mais

As seis fases da vida do cachorro

Seu cachorro pode ser mais velho do que você pensa: para alguns pesquisadores, a linha da vida dos cães pode ser dividida em seis estágios.

Todo mundo já ouviu falar daquela história de que cada ano vivido por um cachorroequivale a sete anos "humanos". Mas isso pode não ser bem verdade, já que cada animal, raça e porte possui suas particularidades.Ainda que cachorros maiores tendem a viver menos e a expectativa de vida canina varie bastante, segundo um guia publicado no Journal Of The American Animal Hospital Association, os cães possuem seis fases bem definidas, variando apenas a idade em que elas ocorrem.Conheça abaixo quais são elas.

Filhote (0 a 6 meses)

Em seis meses, o seu bebezinho vai se tornar um pré-adolescente. Nessa fase pós-nascimento, o filhote vai aprender de tudo em poucas semanas com a ajuda da mãe. Eles vão ganhar dentes de leite e depois perdê-los, aumentar de tamanho e iniciar o desenvolvimento dos órgãos reprodutores. Para os veterinários, esta é a fase ideal para a castração.

Cachorro júnior (de 6 a 9 meses)

Sim, você agora é mãe (ou pai) de um verdadeiro adolescente, ligado no 220 v. Os cachorros costumam ser mais teimosos e bagunceiros nesse estágio da vida, quando ainda estão em formação. Para as meninas de quatro patinhas, também é neste período que acontece o primeiro cio.

Cachorro adulto (de 9 meses e 6 anos e meio)

Aos 9 meses, a maioria dos cachorros já alcançou o desenvolvimento completo, não apenas sexualmente, mas também de toda a sua estrutura. Essa é a fase mais longa da vida do seu amigo canino, momento em que ele vai já ter definido sua personalidade.

Cachorro maduro (de 6 anos e meio a 9 anos e 9 meses)

Nesta fase, o seu cãozinho começa a ficar mais tranquilo, já que possui menos energia pra gastar. Passear e correr precisam continuar a fazer parte da rotina para preservar a saúde do animal. Doenças como bico de papagaio, que ataca a coluna, podem começar a aparecer.

Cachorro idoso (de 9 anos e 9 meses a 13 anos)

Seu cachorro tornou-se um vovozinho. Ele passa a maior parte do tempo dormindo ou assistindo a TV ao seu lado. A aparência dele muda: podem surgir pelos brancos, tártaro, aumento de peso e problemas urinários. Os cães também costumam sofrer com perda auditiva e ter mais dificuldades para enxergar.

Cachorro geriátrico (mais de 13 anos)

Assim como os humanos com quase um século de vida, seu cachorro necessita de muitos cuidados. Ele torna-se extremamente sensível, dependente e pode precisar de ajuda para caminhar, comer e até fazer suas necessidades. Esse é o momento para, mais que nunca, cobrir seu melhor amigo de amor, carinho e atenção.

Escrito por Agostinho De Freitas
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações