Aprovado pelo veterinário: as pessoas estão trancando os cães em uma caixa enquanto fazem compras
Aprovado pelo veterinário: as pessoas estão trancando os cães em uma caixa enquanto fazem compras
Leia mais

Aprovado pelo veterinário: as pessoas estão trancando os cães em uma caixa enquanto fazem compras

Uma inovação conhecida como Dog Parker foi lançada por uma startup em Nova York, Estados Unidos. O serviço de casinhas para cães fica do lado de fora de lojas populares - e permite que você prenda seu cachorro ali dentro enquanto faz suas compras. Embora pareça a inovação do século, muitas pessoas acham que é cruel prender os animais dessa maneira. Assista ao vídeo para saber mais!

Detalhes

Cuidar de um cachorro pode ser uma baita responsabilidade, especialmente se você vive em uma cidade grande, como Nova York. Muitos donos de cães levam seus bichinhos para onde vão e costumam amarrar os cachorros em postes enquanto fazem uma compra rapidinha. Muitos proprietários de animais que vivem em Nova York também têm medo de deixar os cachorros sozinhos do lado de fora porque o roubo de cães é um grande problema na cidade. Por causa disso, o Dog Parker foi criado. O serviço custa cerca de 65 centavos por minuto ou 84 reais por ano.

O que é exatamente o Dog Parker? É uma casinha de cachorro inteligente localizada do lado de fora de lojas populares por toda a cidade de Nova York que representa um local confortável para o cãozinho esperar enquanto o dono faz suas comprinhas. A casinha de cachorro é equipada com câmera que pode ser acessada por um aplicativo no celular. O dono do animal pode facilmente monitorar o estado do cachorro enquanto faz compras ou toma um café. E não para por aí: a casinha de cachorro tem aquecimento, ar condicionado, luz UV para matar bactérias e vírus da superfície. E parece que a casinha de cachorro é aprovado por veterinários, já que a empresa consultou diversos profissionais para garantir o bem-estar dos cães antes de lançar o produto.

Embora pareça uma inovação inteligente, as pessoas ainda se opõem à ideia de confinar seus cães. Elas se preocupam com o bem-estar dos cachorros e com o fato de deixá-los sozinhos em uma caixa. É um dos desafios que a empresa está enfrentando atualmente. A cofundadora do Dog Parker, Chelsea Browridge, discorda dos comentários negativos de parte do público sobre o confinamento animal. Ela explicou: "Nós monitoramos todas as sessões da sede, de modo que vigiamos os animais todo o tempo. A média de permanência nas casinhas é pequena - menos de 15 minutos". E você, o que acha do Dog Parker?

Escrito por Pedro Souza
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações