Conheça os melhores destinos para degustar cachaça
Conheça os melhores destinos para degustar cachaça
Conheça os melhores destinos para degustar cachaça
Leia mais

Conheça os melhores destinos para degustar cachaça

Escrito por Gouvea Aline
Última modificação

A pinga é um produto nacional! Tem para todos os gostos: prata, ouro, adocicada, amarga. Ela faz parte da nossa história, herança dos engenhos, e seus produtores estão espalhados por todo o país, cada um com sua particularidade. Que tal uma viagem bem “cachaceira”? Apresentamos os principais destinos para bebericar essa especialidade brasileira!

O Brasil produz cerca de 800 milhões de litros de aguardente por ano. São quase 2.000 estabelecimentos e 4.000 rótulos registrados. Entre os maiores produtores estão São Paulo, Pernambuco, Ceará, Minas Gerais, Paraíba e Espírito Santo.

Minas Gerais possui até mesmo seu próprio Circuito Turístico da Cachaça, com passagem por cinco municípios: Salinas, Taiobeiras, Rubelita, Fruta de Leite e Indaiabira. A primeira cidade é responsável pela famosa Havana, considerada uma das melhores do mundo e com o extra de ser completamente artesanal.

Curiosidade 1: nossa bebida típica bate a dos nossos vizinhos em idade. Surgida entre 1516 e 1532, ela é mais antiga que o Pisco, a Tequila e o Rum.

Curiosidade 2: os maiores apreciadores da caninha estão em São Paulo, Pernambuco e Minas Gerais, além do Ceará e da Bahia. Entre os 54 países que exportam nosso “mé”, os grandes consumidores são Alemanha, Estados Unidos, Paraguai, Uruguai e França. E não é pouca coisa: a exportação da cachaça gerou uma receita de quase 44 milhões de reais em 2016. Haja caipirinha!

Curiosidade 3: a cachaça amarela tem essa cor porque é armazenada em barris feitos com madeiras típicas do Brasil como o Carvalho, a Amburana, o Jequitibá, o Amendoim, o Bálsamo, o Ipê, o Freijó, o Eucalipto e a Castanheira.

Curiosidade 4: em 1961, a venda da cachaça ultrapassou a da bagaceira, bebida portuguesa, e sua produção e comercialização foram proibidas pela corte. Péssima ideia: no dia 13 de setembro, os fazendeiros iniciaram uma rebelião, a Revolta da Cachaça, o primeiro passo para a legalização do que seria nossa bebida típica. Mal sabiam os portugueses no que isso ia dar!


Sem Internet
Verifique suas configurações