7 diferenças entre Brasil e Portugal nas festas de Natal e Ano Novo

7 diferenças entre Brasil e Portugal nas festas de Natal e Ano Novo

As comemorações de Natal e de Ano Novo no Brasil e em Portugal guardam algumas diferenças. Conheça algumas delas.

Brasil e Portugal são nações irmãs, mas, apesar de terem língua, cultura e parte de suas histórias entrelaçadas, os dois países também possuem diferenças importantes que vão além do sotaque. Nas festas de Natal e Ano Novo fim de ano, elas ficam bastante evidentes.

Do clima à comida, brasileiros e portugueses guardam tradições diferentes em diversos aspectos. Conheça sete diferenças que aparecem nas festas de fim de ano.

Festas de verão x festas de inverno

A primeira grande diferença nas festas de fim de ano entre Brasil e Portugal é pelo próprio clima. Enquanto os brasileiros comemoram Natal com as altas temperaturas do verão e procuram passar o Réveillon na praia para se refrescar, os portugueses aproveitam as festas de fim de ano próximos às lareiras e lugares fechados por causa do frio do inverno que acaba de chegar.

Papai Noel x Pai Natal

No Brasil, quem entrega os presentes na noite do nascimento de Jesus Cristo é o Papai Noel. Em Portugal, o Bom Velhinho ganha a alcunha de Pai Natal.

Chocolates de presente

Os presentes de Natal no Brasil são variados, não há regras. Em Portugal, é comum dar chocolates - algo que só reservamos aqui para a Páscoa, afinal, quem consegue pensar em chocolate com tanto calor?

Panetone x bolo-rei

Para o Natal, os brasileiros não dispensam panetone, um pão doce de origem italiana, recheado com frutas secas. Já para os portugueses, a sobremesa oficial do Natal é o bolo-rei, um bolo em forma de rosca também recheado de frutas secas. Normalmente, é até difícil de encontrar ambas as iguarias no comércio local em outras épocas do ano.

Roupas brancas x roupas pretas no Ano Novo

O simbolismo religioso ligado aos orixás tornou o uso de roupas brancas muito tradicional na virada do ano para os brasileiros. Usar branco significa pedir por paz, tranquilidade e proteção espiritual no ano que se inicia. Em Portugal, as pessoas costumam usar preto ou roupas escuras no inverno. Usar cores claras nessa época do ano é incomum.

Leia também
Dois ex se reencontram cara a cara e fazem as perguntas que nunca fizeram

Calcinha da sorte

No Réveillon brasileiro, as mulheres costumam vestir roupas íntimas nas cores que se relacionem a desejos para o novo ano. Usar uma calcinha vermelha é indicado para aquelas que desejam encontrar um amor; calcinhas amarelas, para quem quer ganhar dinheiro. Em Portugal, basta usar calcinha azul para garantir sorte pro ano inteiro.

12 uvas

Os brasileiros costumam comer 12 uvas na ceia de Ano Novo para também ter sorte. Em Portugal, a tradição é um pouquinho diferente: os supersticiosos ingerem uvas-passas quando o relógio bate as 12 badaladas do Réveillon. 

• Gouvea Aline
Leia mais
Sem Internet
Verifique suas configurações