Bebês de 10 meses: alimentação, peso, tamanho e sono. O que você precisa saber?

Bebês de 10 meses: alimentação, peso, tamanho e sono. O que você precisa saber?

Faltando dois meses para o primeiro aniversário, seu filho está bem esperto e requer uma atenção especial. O OhMyMag traz todas as informações das quais você precisa para entender completamente essa idade.

Alimentação de um bebê de 10 meses

Nesta idade, a diversificação alimentar do bebê continua. Mesmo que o paladar esteja em pleno desenvolvimento, seu sistema digestivo requer muito cuidado. O leite, portanto, continua sendo um dos alimentos essenciais para o crescimento do seu filho.

Assim, o dia de uma criança gira em torno de quatro refeições: dois mamadeiras e duas refeições pastosas. Geralmente, as refeições são feitas na cadeirinha, se a criança já puder se sentar.

Aos 10 meses, poucos bebês têm dentes suficientes para mastigar pedaços. A introdução gradual de novos alimentos é, portanto, feita na forma de purês, onde são misturados vegetais, alimentos ricos em amido, carne ou peixe.

Tenha cuidado se você quiser introduzir ovos na alimentação do seu bebê, faça aos poucos. Nunca dê ao bebê um ovo inteiro porque é um alimento com alto potencial alergênico.

Peso e altura de um bebê de 10 meses

Aos 10 meses, um bebê mede, em média, 71 cm e pesa 9 kg, enquanto a circunferência de sua cabeça é de cerca de 46 cm. Olhando para o seu pequeno, você pensa: "como ele está crescendo rápido!”. No primeiro ano, a evolução das crianças é realmente impressionante. Todo dia traz um aprendizado e novas mudanças.

Aos 10 meses, seu filho começa a se mover bastante. Ele manipula seus brinquedos com cada vez mais destreza e até gosta de jogá-los no chão para te irritar! Alguns dão seus primeiros passos apoiados pelas mãos da mãe e do pai.

No nível emocional, o bebê expressa suas emoções cada vez melhor. Ele também sabe pedir abraços quando precisa de conforto e desconfia de pessoas desconhecidas.

Sono de um bebê de 10 meses

Agora seu filho está dormindo a noite toda. Para crescer bem, ele deve dormir de 10 a 12 horas por noite, dependendo da criança, e faz de 1 a 2 cochilos por dia de 1 a 2 horas.

Leia também
Um casal de nigerianos traz ao mundo um bebê branco e loiro

Nesta fase, os pais devem, sobretudo, ajudar o filho a dormir. De fato, adormecer, para muitas crianças, não é fácil. Portanto, é importante seguir rigidamente um ritual imutável para tranquilizar a criança ao ir para a cama. Pode ser uma história, uma música, um abraço...

No início, as crianças precisam se estabelecer em uma rotina que as proteja. Também não é incomum que, nessa idade, os despertares noturnos persistam. É importante, aqui também, ajudar seu bebê a voltar a dormir sozinho. Um conselho: não responda ao primeiro choro. Dê ao seu filho a chance de voltar aos braços de Morpheus sem a sua ajuda!

Bruna Moura
Sem Internet
Verifique suas configurações