3 meses de gravidez: sintomas e ultrassom. O que você precisa saber?

3 meses de gravidez: sintomas e ultrassom. O que você precisa saber?

Você está grávida e começando o último mês do seu primeiro trimestre? O OhMyMag conta tudo o que você precisa saber nesta fase da sua gravidez.

3 meses de gravidez: quais são os sintomas?

A cada novo mês de gestação, são muitas as evoluções, transformações fisiológicas e anatômicas!

O final do primeiro trimestre da gestação é, nesse aspecto, um estágio crucial da gestação, já que é frequentemente caracterizado pelo aparecimento de uma pequena barriga arredondada. Difícil agora, para as futuras mamães, esconder esse evento feliz de seus entes queridos! Após os dois primeiros meses, que muitas vezes são propícios a distúrbios gastrointestinais, a náusea e a fadiga começam a diminuir.

O ritmo cardíaco da mulher grávida acelera e o esforço físico começa a causar falta de ar. Os seios e a cavidade uterina, por outro lado, continuam sua lenta transformação. As glândulas mamárias lentamente se preparam para a amamentação, tornam-se hipersensíveis e maiores, enquanto o útero agora tem o tamanho de uma toranja.

Nesta fase da gravidez, a placenta está perfeitamente formada e conecta a parede uterina e o cordão umbilical. No final do terceiro mês, algumas gestantes conseguem sentir os primeiros movimentos do bebê, que depois se parecem com pequenos formigamentos intestinais.

3 meses de gravidez: o que vai acontecer agora?

No terceiro mês de gravidez, os médicos não falam mais em embriões, mas em fetos. Os riscos de aborto espontâneo agora são muito menores e o bebê está começando a ganhar força. Todos os seus órgãos estão formados, mesmo que ainda não tenham amadurecido.

Leia também
Um casal de nigerianos traz ao mundo um bebê branco e loiro

É toda essa evolução que o primeiro ultrassom busca controlar. Realizado entre a 11ª e 13ª semanas de amenorreia, este exame médico obrigatório é parte integrante do acompanhamento médico da gravidez. Nesta ocasião, o médico fará medições biométricas para verificar o progresso do desenvolvimento do feto.

A medida da chamada "translucência nucal" é um dos principais parâmetros desse exame, pois permite a detecção precoce de uma possível anomalia cromossômica (trissomia 21). É também durante este ultrassom que a data do início da gravidez é confirmada. Esta precisão é importante porque permitirá fixar o final da gravidez, isto é, a data presumida do parto.

Bruna Moura
Sem Internet
Verifique suas configurações