Bispo pede desculpas a Ariana Grande após segurar seu seio em funeral de Aretha Franklin
Bispo pede desculpas a Ariana Grande após segurar seu seio em funeral de Aretha Franklin
Leia mais

Bispo pede desculpas a Ariana Grande após segurar seu seio em funeral de Aretha Franklin

O bispo que conduziu o funeral de Aretha Franklin pediu desculpas a ariana grande depois de ser acusado de a assediar e tocar em palco.

Imagens mostram o bispo charles H. Ellis III segurando Ariana acima de sua cintura, com os dedos apertados ao redor do peito da jovem cantora. Espectadores mais atentos começaram a postar imagens do serviço quando Ariana se juntou ao bispo após ter cantado a música de Aretha Franklyn (you make me feel) like a natural woman.

Muitas foram as pessoas que acharam que a mão do bispo Ellis estava inapropriadamente a tocar no corpo da jovem cantora de 25 anos enquanto falava com ela e vários comentários identificavam o desconforto visível de Ariana no decorrer da conversa com este. Mas a noite de Ariana Grande parecia não se ficar por aí enquanto simultaneamente outras midias davam conta e criticavam Ariana pela sua escolha do vestido com que se fez apresentar no serviço de igreja.

Pelas imagens podia ver-se que o vestido não fazia jus ao apelido da cantora sendo assinalado como demasiado curto e inapropriado para a ocasião. A discordia nas redes sociais não se fez tardar com opiniões divergentes sobre afinal o que seria mais importante? O comprimento do vestido de ariana ou o longo alcance das mãos do bispo charles H Ellis III?

O hashtagg #respectariana foi rapidamente criado nas redes sociais numa alusão clara ao tema “respect”, de ottis redding, um dos grandes sucessos de aretha franklin tornando-se um dos mais comentados no twitter à medida que mais pessoas viram a filmagem.

No proprio dia em entrevista a associated press o pastor charles fez um pedido de desculpa em que disse: “nunca seria minha intenção tocar o peito de qualquer mulher. Talvez eu tenha cruzado a fronteira, talvez eu fosse muito amigável ou familiar. Mas, novamente, peço desculpas."

E na continua tentativa de se justificar o pregador ainda acrescentou: “abracei todas as artistas e todos os artistas. A todos aqueles que subiam [ao palco] dei um aperto de mão e um abraço. É isto que nós fazemos na igreja, é tudo sobre amor. A última coisa que quero fazer é ser uma distração para este dia. Este dia é apenas sobre Aretha Franklin.”

No entanto este também não foi o único pedido de desculpa do bispo a Ariana. Mais cedo durante o serviço o bispo fez uma piada considerada racista pelos fãs de Ariana em que confessou que quando viu o nome da cantora no programa achou que fosse um produto novo da popular cadeia de comida mexicana taco bell.

Mais uma vez viria a justificar-se dizendo: “peço desculpas a Ariana, aos seus fãs e a toda a comunidade hispânica. Quando se faz um programa de nove horas de duração, tenta-se fazer piadas aqui e ali”.

Até ao momento e ao contrário dos fãs, Ariana ainda não comentou nenhum dos factos. Estes episódios foram alguns dos que marcaram o funeral da rainha da soul Aretha Franklin, onde tantas celebridades acorreram a prestar uma última homenagem como foi o caso de outros dois grandes ícones da cena musical como Stevie Wonder e Chaka Khan.

Durante a cerimónia de 9 horas aretha foi lembrada como tia, avó, amiga, ativista dos direitos civis e ícone da feminilidade negra. Deixou-nos no início deste mês vítima de cancro no pâncreas, aos 76 anos, com a certeza de que o seu nome e obra serão eternos. 

Escrito por Gouvea Aline
Última modificação

Sem Internet
Verifique suas configurações