Starbucks fecha 8.000 lojas nos EUA após episódio racista

Starbucks fecha 8.000 lojas nos EUA após episódio racista

Rede de cafeterias fecha 8.000 lojas por uma tarde nos EUA.

A famosa rede de cafeterias Starbucks decidiu fechar as portas de 8.000 lojas localizadas nos Estados Unidos durante uma tarde inteira após um episódio de racismo que ocorreu em uma das lojas na Filadélfia. 

Dois homens negros estavam sentados dentro da loja, sem consumir nada, e pediram para usar o banheiro. Um funcionário afirmou que o banheiro só podia ser usado por clientes, e negou o pedido dos rapazes. Eles então responderam que estavam esperando um amigo chegar antes de fazerem o pedido, mas mesmo assim o gerente não autorizou e chamou a polícia, que algemou os dois homens e os mantiveram sob custódia por 8 horas.

Leia também
Top 12: as pessoas que não sabem como funcionam as coisas

 No vídeo gravado por clientes, fica claro que o episódio ocorreu devido à cor da pele dos clientes em potencial. Após pedir desculpas publicamente, a rede afirmou que na tarde de 29 de maio, as cerca de 8.000 lojas próprias da empresa nos Estados Unidos fecharão suas portas para que os 175.000 funcionários assistam a um seminário sobre como evitar situações de racismo institucional.

• Bruna Moura
Leia mais