Abertura da temporada fashion com o Met Gala mostra looks e babados ousados ao longo das edições

Abertura da temporada fashion com o Met Gala mostra looks e babados ousados ao longo das edições

Realizado na primeira segunda-feira do mês de maio, o Met Gala reúne fashionistas e admiradores de moda no mundo inteiro para conferir o red carpet

Desde 1948, o Metropolitan Museum of Art, em Nova York, inaugura a temporada fashion do Costume Institute com seu baile anual para arrecadar fundos ao museu, apelidado carinhosamente de Met.

Sempre na primeira segunda-feira do mês de maio, o evento é aguardado o ano inteiro pelos fashionistas ao redor do globo. E sempre conta com a presença das maiores celebridades e estilistas, que desenham modelos ousados inspirados nos temas de cada ano. Para 2018, o tema escolhido foi "Corpos celestiais: a moda e a imaginação católica”, e a apresentação ficou por conta de Madonna, Donatella Versasce e Rihanna.

A superpoderosa editora da Vogue americana, Anna Wintour, assumiu o comando anual do evento em 1999, colocando o Met Gala na rota dos tapetes vermelhos mais disputados do ano. É ela quem escolhe os temas e também os anfitriões.

Entre os maiores acontecimentos com a ascensão de Wintour estão o pedido de casamento do agora presidente americano Donald Trump a sua mulher, Melaina, na edição de 2004; a chegada da cantora Rihanna com o vestido amarelo dourado da estilista chinesa Guo Pei em 2015; a briga entre o rapper Jay-Z e a cunhada Solange Knowles foi na saída do evento em 2014. 

Nos anos 90, a chegada ao red carpet era marcada pelo duo criador e criatura: os estilistas chegavam com as supermodels eleitas com o look da noite. A tradição abriu espaço para as chegadas triufantes de atrizes e celebridades - a família Kardashian especialmente - com vestidos e acessórios arrasadores. A discrição fica de fora do dress code. 

• Bruna Moura
Leia mais