Essa fascinante criatura foi observada em uma floresta da Escócia!

Essa fascinante criatura foi observada em uma floresta da Escócia!

Aqui no Best Friends, nós já falamos do gato selvagem, esse magnífico felino que não se afasta muito do nosso gato doméstico e que vive nas florestas do leste da Escócia. Ele é estritamente protegido na região por um sistema fotográfico que permite acompanhar a população. E graças a esse sistema, os cientistas podem observar essa criatura surpreendente...

A novidade não tardaria a estar na capa dos jornais britânicos. E é compreensível: antes de tudo, estamos falando da descoberta de um gato selvagem... medindo 1m20 de comprimento, do focinho à cauda! 

Um tamanho excepcional

Você leu direito: um  gato selvagem que mede um tamanho de 1 metro e 20 não é banal! O anúncio foi feito no fim de março e já chegou à imprensa. Se você é um leitor assíduo do Best Friends, você sabe que os gatos selvagens existem na Europa e vivem nas florestas esparsas, próximo de campos, onde eles encontram comida e mantém uma distância respeitosa da atividade humana. Logo, não é surpreendente saber que as populações de gatos selvagens  vivem nas florestas da Escócia.Mas gatos selvagens de 1m20? Difícil de acreditar! Ainda assim, eles existem. 

Ele já tem até um nome!

Os jornais do Reino Unido já batizaram o felino: "A besta de Clashindarroch", nome que faz referência à floresta onde o animal foi encontrado. Esses aparelhos funcionam graças a um sistema de armadilha: os animais são atraídos por comida depositada próximo das câmeras e, uma vez que o animal passe no campo visual da objetiva, o dispositivo arma-se e consegue fotografar  e fazer pequenos filmes.

Essa tecnologia é muito utilizada em todo o mundo para obter imagens de animais raros e é discreta, sem influenciar muito no ambiente.  É importante saber que na Escócia há um projeto de proteção do gato selvagem (cujo nome oficial é Felis silvestris), chamado "Scottish Wildcat Conservation Project". Ele funciona em toda a região das Terras Altas. A ideia é proteger as populações de gatos selvagens dessa área da Escócia.

 Um animal feroz

Kev Bell, membro do programa de conservação Wildcat Haven e que recuperou essas imagens incríveis, comentou em entrevista para a BBC:"Eu tive a sorte de filmar esses magníficos gatos fantasmas. Existem entre 10 e 15 na floresta de Clashindarroch. Mas eu não pude acreditar quando eu os vi pela primeira vez, ele é enorme, é um animal magnífico.". 

As câmeras instaladas na floresta de Clashindarroch permitem aos cientistas de vigiar a evolução da população de gatos selvagens e evitar, milagrosamente, o fenômeno frequente de hibridização com os gatos domésticos que vivem na região ( isso explica a lei que limita ou até interdita a presença de gatos domésticos na região de Aberdeenshire.)

Esses animais são parte integrante da fauna selvagem da Escócia, o que implica que a proteção seja uma prioridade; sem mencionar que eles fazem parte dos mamíferos mais raros da Europa. 

• Bruna Moura
Leia mais